Aprender brincando

Brincando de casinha

Por Nívea Salgado
@Mildicasdemae

Um fogão de brinquedo que acende a luz do forno; uma geladeira com água na porta! Os ingredientes perfeitos para uma deliciosa tarde de faz de conta!

Brincando de casinha

*PUBLIEDITORIAL

Esta semana minha filha Catarina pegou uma gripe que a deixou bem caidinha. Dores de garganta, febre, mal-estar já são difíceis para um adulto, imaginem então para uma criança. Sem a possibilidade de sair de casa, precisei colocar a criatividade para funcionar, para que a pequena se distraísse.

Em um dia, a visita dos avós; no outro, tirei a tarde inteira para dar colo, atenção e todo o carinho que ela solicitava; e no outro, Catarina recebeu um presente que reavivou seu ânimo – um fogão e uma geladeira Princesas da Xalingo (tão bacanas que passamos horas fazendo comidinhas!).

A pequena encontrou as caixas logo que acordou. Eram 7 horas da manhã (cedo para seus padrões habituais, mas ela estava com tanta tosse que não conseguiria dormir mais) e achei que ela ficaria mal-humorada por ter dormido pouco. Mas no momento em que ela abriu os pacotes, não conseguiu parar de exclamar:

- Mãe, são das Princesas, que lindos!

- O fogão funciona de verdade e tem luz no forno, igual ao seu!

- A geladeira tem luzinha também, e água que sai da porta (com barulhinho!). E vem com um monte de coisas! Tem certeza de que é tudo para mim?

A verdade é que ela ficou encantada, sem saber por onde começar (porque de fato tanto o fogão quanto a geladeira vêm com muitos acessórios). Panela, frigideira, talheres, copos, xícaras e outros utensílios de cozinha acompanham o fogão; já o refrigerador “side-by-side” (com duas portas, que abrem uma para cada lado, simplesmente lindo!) vem com latinhas de suco, caixinhas de leite, para fazer bolo, pudim, ovos, fôrmas de picolé... Ou seja, os produtos são completos, com tudo o que a criança precisa para brincar de comidinha.

Claro que brincamos o dia inteiro de casinha e “comi” uma quantidade enorme de pratos “feitos” por Catarina. Com muito custo ela me deixou cozinhar um pouquinho também (percebi algo muito legal: o fogão só “liga” quando a panela está cheia, porque fica pesada e aciona o sensor. Bem sacado!).  Dizem que o ovo frito que preparei estava delicioso!

Notei que para Catarina o grande interesse nos brinquedos era o fato de que representavam o mundo real. Ou seja, ali, naquele mundinho, ela era a dona da casa e podia fazer exatamente o que eu e meu marido fazemos na cozinha. Reparei até que ela pegou um paninho para abrir o forno e não queimar a mão (olha quanta coisa as crianças aprendem imitando?).

Para mim, foi muito interessante ver como os brinquedos trabalhavam sua imaginação e noções do dia a dia (desde guardar os alimentos na geladeira até o preparo de cada receita).

Conclusão: adoramos o fogão e a geladeira Princesas da Xalingo (aliás, Catarina já teve vários brinquedos da marca, todos muito legais e de ótima qualidade – recomendo!).

 

(Imagens: Arquivo pessoal)