Bebês

Estou grávida!

8 mulheres deram essa tão feliz notícia de jeitos bem criativos e emocionantes. Inspire-se!

Estou grávida!

A alegria é tanta que a vontade de contar logo para todo mundo que você está grávida é quase incontrolável, mas que tal segurar um pouquinho a ansiedade e fazer isso de um jeito especial? Afinal, a notícia mudará a vida de vocês para sempre, tanto do casal, quanto dos familiares.

Algumas ideias bem-vindas: para o marido, proponha uma brincadeira de adivinhação ou dê presentes que façam alusão ao novo acontecimento. Para a família, o interessante é reunir todo mundo de uma vez, porque depois que conta para um, é difícil segurar o segredo!

Você pode, por exemplo, inventar de mostrar uma retrospectiva de fotos e, no final, colocar a imagem da ultrassonografia, anunciando o mais novo membro da turma. Para os amigos, vale um post diferente na rede social, com uma foto que não conte, mas apenas sugira que tem um bebê a caminho. Fotografe, por exemplo, os sapatos do casal e um sapatinho ao lado e espere que matem a charada!

Reunimos aqui histórias de 8 mamães supercriativas para você se inspirar na hora de contar a grande novidade. Mas, atenção: prepare-se para cenas fortes de emoção e choradeira!

“Montei uma caixa para os avós e para titia com o resultado do exame, um gatinho fofo de pelúcia e um porta-retrato que cabiam três fotos. Coloquei uma foto minha, uma do meu marido e no terceiro espaço, que ficou vazio, escrevi: ‘Em breve!’. Fiz também um bilhetinho dizendo que dentro da mamãe agora batiam dois corações apaixonados por eles. Foi um momento lindo!”
Dona da história: Mila Moura, mãe da Clara.

“Coloquei em caixinhas, em cima da mesa, o resultado do exame de sangue, o teste de farmácia, um par de sapatinhos e um cupcake. Assim que meu marido entendeu o que era tudo aquilo, começou a chorar de emoção. Eu disse, então, que agora batiam dois corações em mim. Foi um dos dias mais felizes das nossas vidas!”
Dona da história: Cristina Alves, mamãe da Sophia.

“Esperei completar 3 meses para divulgar. Fiz a ultrassom do primeiro trimestre, tirei a foto do ‘feijãozinho’ e enviei por mensagem de celular para minha irmã, que torcia muito pela gravidez. Ela já tinha dois filhos e conhecia bem a imagem! Na mesma hora, ela me ligou superemocionada. Fiz o mesmo com os outros, as mulheres matavam a charada; já os homens, não entendiam!”
Dona da história: Mariluce Rodrigues, mãe do Murilo e da Mila.

“Pedi para o Felipe sentar no sofá porque queria mostrar algo pra ele. Eu havia escrito, em batom, ‘Oi, papai’ na barriga. Assim que ele sentou, levantei a blusa e dei a notícia! Para os nossos pais, escrevemos em uma folha assim: ‘Somente os melhores pais são promovidos a avós’. Enrolamos essa frase nos testes de farmácia e entregamos os pacotinhos. Dia de emoção, alegria e muito choro!”
Dona da história: Amanda Oliveira, mãe do Enrico.

“Era Dia das Mães e, como é costume da família, faríamos uma roda de oração. Quando chegou o momento, pedi para ler algo que eu mesma havia escrito. No discurso, eu agradecia a Deus pelo coração a mais que batia em mim. Todos abriram os olhos na hora, sem entender nada. Minha mãe, que era a única que sabia, veio até mim e me abraçou. Aí, veio todo mundo e foi aquela choradeira!”
Dona da história: Janaína Vieira, mãe do Leo e da Laurinha.

“Comprei balões vermelhos em forma de coração e dentro de cada um coloquei uma palavra, formando as frases: ‘Agora em mim batem dois corações por você. Parabéns, papai!’. Espalhei todos na nossa cama e ele foi estourando um por um até juntar tudo e ter a grande notícia. Foi um momento mágico!”
Dona da história: Marcela Amandio, mãe da Olivia.

“Eu me disfarcei de entregadora de flores com boné, avental, tudo! Com a ajuda dos amigos, coloquei uma câmera no trabalho do Thiago para filmar a surpresa. Sem que ele me reconhecesse, entreguei as flores e um cartão: ‘Parabéns, papai!’. Ele recebeu, assinou um papel, me devolveu, mas só depois que olhei bem nos olhos dele, ele me reconheceu. Foi muito emocionante e divertido!”
Dona da história: Luciana Palamedi Lima, mãe do Heitor.

“Convidei o Daniel para um piquenique no parque e lá entreguei uma caixa enorme de presente. Dentro da caixa grande tinham mais cinco caixas menores, até chegar em uma bem pequenininha com um par de sapatinhos e um cartão cheio de frases de amor, as fotos do teste de gravidez e resultado do exame de sangue. Ele nem imaginava, ficou atônito de felicidade!

Para contar aos meus pais e ao meu irmão, fiz um furinho em três ovos, tirei o conteúdo, sequei no forno, pintei de azul e escrevi: ‘Quebre-me’. Dentro dos ovos coloquei um papelzinho contando a novidade com uma frase diferente para cada um deles. Entreguei em caixinhas de presente megafofas. Então, primeiro, foi aquele suspense e, depois, uma alegria imensa!

Para a família do Daniel, criamos um jogo de tabuleiro em que o objetivo era colocar as peças – 247! – nos lugares certos. Ao final, formava-se a frase: ‘Olá, família! Nós pensamos em fazer esse superjogo de quebra-cabeça para dar a vocês horas e horas de diversão (Iupi!) e incluir essa mensagem escondida: existe um bebê a caminho! Adivinhem quem está grávida? Dica: não é o Daniel. Amamos vocês!’

Para contar aos amigos, fizemos um cartaz personalizado, igualzinho a esses de cinema, e postamos na rede social. O título do filme era ‘Bebê à vista!’ com a foto de um par de sapatinhos em primeiro plano e, ao fundo, eu e o Daniel. A estreia era a data de chegada do Arthur e, como atores principais, nossos nomes. Os créditos no rodapé também foram mensagens especiais. Todo mundo amou!”
Dona das histórias: Sabrina Sukerth Gardner, mãe do Arthur.

(Foto: Getty Images)