Bebês

A gestação, semana a semana

Saiba como acontece o desenvolvimento do seu bebê dentro do útero e conheça as transformação do seu corpo

A gestação, semana a semana

Descobrir que estamos gestando uma vida dentro de nós é emocionante! A gente fica imaginando tudo o que acontece com o bebê, não é mesmo? Aos poucos, a barriga vai crescendo, tomando forma e conseguimos sentir o bebê se mexer, o que é, simplesmente, mágico. Para entender melhor tudo que acontece dentro da sua barriga, confira aqui o desenvolvimento do seu filho semana a semana:

Semanas 3 a 6: um óvulo é fecundado por um espermatozoide. O embrião implanta-se no útero e começa a se desenvolver. Enquanto isso, talvez você passe a detestar os odores que antes gostava, sinta náuseas e medo diante de emoções novas.

Semanas 7 a 10: aparecem novas protuberâncias no embrião com o aspecto de pernas. Ele agora tem um comprimento de 20 a 28 mm e pesa o mesmo que uma uva. Os órgãos crescem, ainda que poucos deles funcionem. Na ultrassonografia, é possível ver seus movimentos e batimentos cardíacos. Os seios da mãe podem aumentar de tamanho e ficar sensíveis – e você começa a ganhar peso e sente mais fome, pois o corpo trabalha muito e precisa de mais energia. Provavelmente, terá muita vontade de urinar, o muco vaginal se torna mais abundante e seu cabelo fica mais grosso.

Semanas 11 e 12: o rosto do bebê adquire um perfil humano e ele começa a ter reflexos de sucção, deglutição e respiração. Já é possível notar pela sua barriga que você está grávida. Boa notícia: distancia-se a possibilidade de um aborto espontâneo.

Semanas 13 a 16: o tamanho do bebê se duplica. Os ouvidos estão prontos, mas ainda não ouvem. É o período em que vai se formando o começo do esqueleto. Você se sente mais enérgica e já pode conhecer o sexo do bebê pelo exame de ultrassom.

Semanas 17 a 20: o bebê tem lanugo (primeira camada de pelos) em todo seu corpo, pesa aproximadamente 320 gramas e mede por volta de 16 centímetros. É provável que sinta os movimentos dele, principalmente quando você está descansando.

Semanas 21 a 24: o bebê já escuta os sons. O cérebro está amadurecendo, a pele cresce rapidamente, mas ainda não há gordura o suficiente para preenchê-la. Seus movimentos são mais forte e vigorosos. Você pode sentir dores nas costas e terá aumentado, em média, 5 kg.

Semanas 25 a 28: o bebê desenvolve seus ciclos de sono -  está acordado quando você dorme e vice-versa, porque seus movimentos ajudam a embalá-lo no sono. Ah! E ele já tem cabelo, mede aproximadamente 30 cm e pesa por volta de 920 gramas. Sua barriga já está bem notável, começa a ter dificuldades para deslocar-se e é mais difícil dormir comodamente.

Semanas 29 a 32: o bebê cresce em peso e comprimento. Durante esta semana e as seguintes, o corpinho dele começa a acumular gordura. O lanugo começa a cair. Os olhos estão completamente abertos e ele tem soluços. Também já apresenta atividade cerebral: recebe e envia sinais através do sistema nervoso, talvez colocando em prática a capacidade de pensar. Pode ser que você sofra azia e prisão de ventre e talvez sinta contrações de treinamento, chamadas de Braxton Hicks.

Semanas 33 a 36: o bebê continua ganhando peso. Os rins e o fígado funcionam quase que completamente. Seu útero cresceu 15 vezes e ele já vai se acomodando para nascer. Só precisa de mais surfactante para desenvolver os pulmões e mais gordura no corpo. As visitas ao obstetra começam a ser a cada 15 dias. Se lhe falta fôlego, é porque o bebê está pressionando seus pulmões e o inchaço se deve à retenção de líquidos.

Semana 37: o bebê começa a ficar maduro para nascer e, mesmo que tenha pouco espaço, seus chutes são muito fortes. Seus seios podem secretar colostro – se não, isto não significa que você tenha qualquer problema com a produção de leite.

Semana 38: a cada semana são depositadas cerca de 14 g de gordura no corpo do bebê. Terá caído quase todo o lanugo, mas seu filho continua coberto pelo vérnix que o protege. É possível que você sinta desconfortos pelo tamanho da barriga.

Semana 39: devido aos hormônios adicionais, os genitais do bebê podem estar aumentados. O colo uterino amolece e se afina, preparando-se para que a cabeça do bebê o atravesse. Pode ser que você expulse o tampão mucoso, mas isso não significa que o parto vai começar imediatamente.

Semana 40 em diante: você entra em trabalho de parto, cuja duração varia em tempo de mulher para mulher. Ao nascer, o bebê, em média, pesa 3,4 kg e mede 52 cm e deve ser amamentado na primeira hora de vida.