Bebês

Apostando em um quarto compartilhado

Por Marina Breithaupt

É possível decorar um quarto para ser compartilhado entre irmão de idades e sexo diferentes. É tudo uma questão de respeitar os espaços!

Apostando em um quarto compartilhado
Video: 

Seja por uma questão de espaço - otimização ou falta dele - ou pelo simples fato de que dividir o quarto com irmãos pode, sim, ser bem divertido, decorar um quarto quando as idade e sexos são diferentes pode parecer um desafio.

Na verdade não é!

É tudo uma questão de dividir os espaços e entrar em um acordo entre cores e temas e pronto!

Me vi nesse dilema de novo. Quando engravidei pela segunda vez, morávamos em um apartamento de dois dormitórios; a divisão foi obrigatória e funcionou superbem! A irmã mais velha escolheu as cores e fizemos a divisão: metade do quarto era rosa e a outra, azul.

Anos depois e o mesmo dilema, agora moramos em uma casa maior, mas o quarto extra fica no andar inferior. A mais velha não quis sair do quarto dela - nem seria justo! -, nem dividi-lo, já é uma mocinha e ocupa o menor quarto. Sobrou pro mais novo irmão mais velho do pedaço!

Acontece que a bebê 3 é uma menina e, outra vez, o quarto é compartilhado entre irmão de idades e sexos distintos. Vamos lá... Sem drama! Ele só fez uma recomendação: nada de rosa!

Partimos para um estilo mais moderninho e eu acho que a combinação deu supercerto, como você no vídeo aí em cima.

Misturar estilos e defir um tema amplo (no caso, bichinhos da savana e o chevron P&B) a ser explorado e brincar sem medo com cores e padrões são alguns pontos importantes para se inspirar na hora de decorar!

Gostou? Vou te contar onde encontrei - online - alguns dos principais ítens para compor esse cantinho cheio de bossa e estilo:

 

(Foto: ShutterStock)