Bebês

Chegou a hora do desfralde

Por Helena e Joana Cardoso

Mais cedo ou mais tarde, não tem como fugir. Como começar?

Chegou a hora do desfralde

É inevitável: se você tem filho, vai encarar este momento. Sei que muitos pais ficam ansiosos com a possibilidade de escapes durante o processo de retirada da fralda, mas apesar de ser um desafio, é necessário.

É claro que esse momento nunca é totalmente previsível, já que ele não acontece do dia para a noite. A criança erra, até acertar. É um novo hábito a ser estabelecido, que trará algum transtorno, inicialmente, para maior tranquilidade futura.

Para quem está sofrendo, é preciso lembrar: tudo passa. Porém, além de esperar passar, tenho algumas dicas para que essa seja uma fase menos carregada de aflições. Confira abaixo.

Por Helena Cardoso

(Foto: Morguefile)

1
Respeite o tempo da criança
O desfralde acontece quase que naturalmente, desde que respeitada a hora do seu filho. Não tem idade certa, o tempo é dele. Mas só inicie quando ele demonstrar incômodo com a fralda ou começar a anunciar sua vontade de fazer suas necessidades.
2
Deixe seu filho o dia todo sem fralda
Quando decidir pelo desfralde, mantenha a decisão. É muito confuso para um filho quando, em alguns momentos do dia, ele está de fralda e em outros não.
3
Não brigue em caso de escapes
É completamente esperado que haja escape, e seu filho não deve ser repreendido por isso.
4
Comemore os acertos
O reforço positivo é essencial como estímulo para a criança.
5
Ensine sobre o assunto
Ensinar, com amor, sobre todo o processo de ida ao banheiro é importante para que seu filho se inteire desse novo universo ao qual está sendo apresentado.
6
Tenha momentos a dois
Muitas crianças curtem o momento de troca da fralda, pois é quando conversam com seus pais. Ofereça outros espaços para que a troca da fralda não se faça necessária.