Bebês

Depois do parto

Por Marina Breithaupt

As primeiras semanas após o nascimento do bebê são um período de adaptação cercado de amor e de mudanças, principalmente hormonais

Depois do parto

Essa fase logo após o nascimento de um bebê, cheia de mudanças, novidades, dores e amores, é chamada de puerpério.

Não só as noites mudaram, não só nossas olheiras cresceram e o coração se encheu amor. São novas sensações para serem assimiladas.

Os hormônios também começaram a se ajustar. Tudo está voltando ao seu lugar de antes da gestação.

O puerpério é o momento de reclusão. Nesse tempo nosso cérebro tenta compreender aquilo que o coração já entendeu ao longo dos meses de espera.

É uma turbulência interna e natural. Temos que nos respeitar e nos permitir viver esse período com traquilidade.

Como toda mudança hormonal, podemos esperar altos e baixos. O humor, por exemplo, vai de 8 a 80 em 1 segundo.

Chore se precisar chorar. Sinta esse momento único que mistura tristeza com muita alegria. Permita-se e não se culpe, você não é a única se que sente assim.

Você pode estar feliz e realizada com o seu bebê, ao mesmo tempo em que se sente assim.

Depois que a barriga se transforma em um bebê fofo, a atenção do mundo, que antes era toda para nosso umbigo, muda de foco. Aproveite isso!

O puerpério deve ser vivido por completo; é ainda parte da gestação. Não devemos esconder as lágrimas (putz... são muitas), nem a tristezinha que dá em meio à alegria de ter nos braços aquele bebê com o qual tanto sonhamos!

É normal e confuso. Aliás, o que na nossa natureza humana não é assim, né? Naturalmente complexo!

Não se esqueça: permita-se!

Um beijo

(Foto: Shutterstock)