Datas Especiais

Nem todo casamento é na igreja...

Por Helena e Joana Cardoso

Há várias opções para celebrar uma união

Nem todo casamento é na igreja...

Você pode ser católica ou não. Independentemente da sua religião, se você decidiu casar fora de uma igreja, deverá pensar em um plano B, já que padres só celebram uniões formalizadas em uma igreja.

Quem casar em um sítio, em casa, em uma casa de festas, na praia, ou seja lá onde for o lugar escolhido, terá a oportunidade de escolher um celebrante para seu casamento, de acordo com o que mais combina com o casal.

Se vocês são religiosos e querem ter a união formalizada pelo representante espiritual da religião que vocês seguem, em uma celebração marcada pela espiritualidade, não tenha dúvidas: escolha um rabino, um pastor (ou o que se adequar ao que vocês acreditam) para tal.

Caso tenha um desacordo religioso entre o casal, uma opção pode ser a contratação de um juiz de paz, que formalize a união sem entrar no mérito de crenças.

Para um casamento mais personalizado, e não religioso, pode ser interessante a escolha de pais ou amigos que conheçam bem o casal (ou mesmo o “cupido” que apresentou um para o outro) para falarem de maneira menos formal e mais pessoal sobre o casamento, e os votos honestos para esta união.

Todas essas são ótimas opções para celebrar seu casamento. O que deve ser priorizado na hora de escolher é qual delas mais combina com a personalidade e história do casal.

É importante ter clareza de que, independente de quem esteja ali para celebrar a cerimônia, há algo de comum nessas pessoas: elas são significativas para o casal e, por isso, foram escolhidas para contribuir e dividir esse momento lindo de amor com eles.

Por Helena Cardoso

(Foto: Getty Images)