Comportamento

Nômades digitais e a revolução da forma de trabalhar

Por Jorge Freire Jr.

Imagine agora como será a vida profissional dos nossos filhos daqui a uns 10, 15 anos? Imaginou? Então esqueça, pois será algo totalmente diferente!

Nômades digitais e a revolução da forma de trabalhar

Certa vez estava conversando com um tio sobre como a forma de trabalhar mudou nos últimos anos. Ele não entendia que eu conseguia trabalhar em casa, ou em qualquer outro lugar, e que não precisava ir todos os dias ao escritório.

Entendo as dúvidas, pois a geração dele presenciou, mas não viveu, a transformação nos meios de comunicação. Já a minha geração está no meio dessa revolução e mais e mais pessoas estão usufruindo dela para terem qualidade de vida e produtividade.

Para quê pegar trânsito todos os dias e ficar dentro de um escritório? Oras, se estamos munidos com um computador e/ou smartphone e tem sinal de internet, podemos trabalhar em qualquer lugar, não?

- "Mas a minha profissão não tem como! Preciso estar no lugar para atender as pessoas!" - pode-se ouvir por aí.

Olha, logo, logo, até a medicina usufruirá desse benefício da revolução da informação! Não deixe esse tipo de pensamento te amarrar dentro de uma sala.

Pois bem, hoje tenho a oportunidade de trabalhar com a Glau Gasparetto, que tem uma proposta de vida muito bacana: o seu escritório sempre é em algum lugar do mundo. Já trabalhei com várias pessoas organizadas, eficientes e produtivas, mas ela é um exemplo a ser seguido!

Ela não para no Brasil e viaja o mundo inteiro com o seu notebook. Nunca deixou de responder um e-mail, nem os inbox no Facebook! E é implacável quando tenho algo atrasado e/ou com algum erro.

A Glau e o marido mantêm dois blogs e compartilham sobre essa experiência maravilhosa, o Vida Wireless e o Escritório do Dia. Vale a leitura e a inspiração para você mudar a sua vida para melhor.

Mas qual a razão desse post, afinal?

Meu Padawan tem 5 anos e é de uma geração que não vai saber conciliar a vida offline da online tão bem como a minha geração, pois crescemos exatamente no meio dessa revolução.

Ou seja, a minha geração tem um pé na vida offline e outra na online.

Imagine agora como será a vida dos nossos filhos profissionalmente. Imaginou? Então esqueça, pois será algo totalmente diferente do que conhecemos!

  • Não teremos mais escritórios fixos.
  • Não teremos empregos fixos.
  • O trabalho será por demanda.

 

A economia colaborativa, que já está timidamente aflorando (Uber, por exemplo), será uma grande realidade na vida dos nossos Padawans. Esse conceito será bem mais amplo e todas as profissões irão usufruir da tecnologia para ligar o cliente ao consumidor.

Em sua casa - ou em qualquer lugar do mundo -  meu filho poderá trabalhar e ganhar sua vida em um mundo sem fio.

Certamente teremos uma nova revolução lá na frente, que foi desencadeada pela forma que a Glau, eu e milhares de pessoas escolhemos para trabalhar.

Confesso que estou bem ansioso para descobrir o que vem por aí!

(Foto: Escritório do Dia)