Comportamento

Para casar não é preciso morar junto

Por Helena e Joana Cardoso

Vantagens e desvantagens do casamento a distância

Para casar não é preciso morar junto

Particularmente não acredito que alguém possa afirmar que casamento a distância dá ou não dá certo.

Posso, entretanto, garantir que para algumas pessoas dá certo e, para outras, nem tanto. É menos uma questão conceitual e mais prática.

Para decidir se esse arranjo pode funcionar para você, é preciso ponderar.

Devemos levar em consideração as vantagens e desvantagens para, colocando na balança, ver para que lado estamos tendendo.

É claro que grande parte dos aspectos a serem considerados são individuais, e não podemos generalizar.

Mas filtrei algumas questões que são comuns a quase todo casamento a distância:

Vantagens:

  • A rotina muitas vezes desgasta a relação, e estar longe torna o estar perto um momento raro e valorizado;
  • Por estar atento ao risco da distância, em geral há um esforço maior de interesse e respeito pelo que o outro tem a dizer;
  • A ausência aflora o desejo sexual quando estão juntos.

 

Desvantagens:

  • Não viver o dia a dia do parceiro pode afastar a intimidade do casal;
  • A distância física pode acarretar em distância emocional;
  • Quando há filhos, eles têm pouca possibilidade de convivência com o pai ou a mãe;
  • Carência sexual quando estão longe.

 

Essas são apenas algumas questões para iniciar uma conversa sobre o assunto.

Some a elas questões específicas da sua relação e da sua personalidade, para mensurar o grau de dificuldade que você terá em manter um relacionamento a distância.

Independente da conclusão que chegar, lembre-se: mais importante que estar próximo, é preciso que se esteja comprometido.

Se o casal estiver alinhado e disposto a batalhar pelo mesmo ideal, longe ou perto, vai dar certo.

Por Helena Cardoso

(Foto: Getty Images)