Comportamento

Para você, que ainda não tem filhos

Por Nívea Salgado
@Mildicasdemae

Eu poderia dizer que suas noites nunca mais serão as mesmas... Mas prefiro contar surpresas ainda maiores sobre a maternidade!

Para você, que ainda não tem filhos

Hoje tomarei a liberdade de conversar com você, que ainda não tem filhos. Mas que deseja um dia ter, seja esse um plano para breve ou para daqui alguns anos. E farei isso por um simples motivo: eu adoraria que tivessem feito comigo.

Não para me preparar, porque talvez nada prepare uma mulher para a maternidade (é só a experiência sentida na pele o que faz com que uma mãe de fato nasça), mas para que eu soubesse que os desafios dos primeiros meses são a parte mais fácil da história.

Tendo passado por eles, posso dizer que o que vem depois pode ser mais difícil, mas também mais gratificante, do que ter um bebezinho nos braços.

Eu poderia falar sobre as noites insones das primeiras semanas do pós-parto, e da sensação de que você não vai aguentar o tranco. Mas a verdade é que elas passam, e você entende que outras podem ser mais preocupantes - como as passadas ao lado da cama de um filho doente (mesmo que você saiba que é apenas uma febre ou uma simples tosse).

Eu poderia contar sobre a angústia de não saber identificar o choro do bebê - "afinal, é cólica, fome, sono ou dor de ouvido?". Mas prefiro dizer que ela não chega aos pés daquela outra, que você sentirá quando perder seu filho pequeno de vista por apenas um segundo e ele se colocar em uma situação de perigo.

Eu poderia te alertar sobre a dor sentida nos primeiros dias de amamentação, quando a pele do bico ainda está em processo de adaptação - o que seria pouco. Prefiro te falar sobre o aperto no coração que te atingirá como uma flecha quando você vir um filho se magoar, e que machuca muito, muito mais!

Enfim, eu poderia dizer que um filho mudará sua forma de ver o mundo, e que você não se reconhecerá depois de seu nascimento. Não só porque suas roupas podem não caber mais, mas principalmente porque você verá nascer uma força que nunca havia imaginado.

Que te guiará nos momentos mais escuros até que você encontre novamente a luz. Que te fará capaz de ultrapassar os obstáculos para criar uma criança feliz. E que te fará orgulhosa da pessoa que se tornou - mais humana, mais bonita, e com um coração capaz de abraçar o mundo.

(Foto: storyvillegirl/ Creative Commons)

comentarios filhos, maternidade, Família