Comportamento

Você mostra para o seu filho os desenhos animados da sua infância?

Por Paula Rizzo

Pesquisa afirma aquilo que a gente intuitivamente já sabia

Você mostra para o seu filho os desenhos animados da sua infância?

Achei previsível o resultado da pesquisa recente conduzida por um serviço de TV por streaming em diversos países que mostra que a esmagadora maioria dos pais (85%) já apresentou ou pretende apresentar aos filhos os desenhos que viram durante a infância.

Os motivos alegados são, em geral, a tentativa de manter vivas as referências de cultura da própria infância (76%) e fazer com que, de certo modo, se sintam crianças de novo (75%). As preferências de personagens variam muito de país a país. Aqui no Brasil, descobriram que os pais têm um forte apego com a série Tom & Jerry.

Não me surpreendi porque a gente aqui em casa faz também parte desta turma que gosta de mostrar para os filhos os filmes e desenhos da infância. E acaba optando muitas vezes por DVDs ou por esse tipo de recurso justamente para poder oferecer essa programação às crianças.

Muitas das séries de animação dos anos 80 e 90 ganharam releituras e novas versões. Mas são os antigos que despertam maior fascínio. Investimos em ir montando, aos poucos, uma coleção bacana de filmes clássicos da Disney em DVD e Blu-Ray - coleção que certamente ficará para as próximas gerações. Somos também os primeiros a fazer fila nas estreias de filmes como Os Muppets.

Rever esses clássicos ao lado das crianças, estar novamente ao lado dos personagens da infância, do humor da época é genial. Assim como ver seu filho rindo das mesmas piadas que você - e, às vezes, fazendo os mesmos gestuais, tendo as mesmas predileções de personagens, desenhos e estilos. Ou não. Enfim, é uma delícia.

A partir de uns 5, 6 anos, quando o seu filho começar a perguntar da sua infância, talvez seja o momento certo para a apresentação. Ou será que não tem momento certo?!

Aqui, bobeou, estamos apresentando, mostrando para elas que um desenho de hoje foi inspirado num antigo. Costumamos parar quando estamos zapeando e nos deparamos com algum desenho antigo. Olhamos nas locadoras, nos serviços de streaming de vídeo e mesmo na internet.

Interessante também é que, como temos uma diferença razoável de idade entre as meninas, de 4 anos e 4 meses, é uma delícia ver a mais velha fazendo o mesmo com a menor. Falando de como lembra de quando foi lançada a primeira princesa criança da Disney, onde ela assistiu ao primeiro episódio e por aí vai. Bom demais!

(Foto: Arquivo pessoal)