Cozinha

O jeito mais fácil de fazer calda de pudim

Por Patrícia Cerqueira
@Comida Boa Muda Tudo

Depois de tentar várias receitas, queimar muito açúcar (e algumas panelas), finalmente encontrei a receita certa para a calda

O jeito mais fácil de fazer calda de pudim

Eu achava que era a única pessoa no mundo incapaz de preparar: 1) arroz, 2) feijão e 3) calda para pudim de leite condensado.

Descobri que não estou sozinha no terceiro item. Minha irmã também não sabia. problema genético? Não. Minha mãe, como já escrevi aqui várias vezes, é uma cozinheira de mão cheia e, claro, sabe fazer uma calda maravilhosa para os pudins de leite.

Eu tentei várias vezes seguir a receita dela. Nunca dava certo. O açúcar virava quase um carvão porque eu não acertava o ponto. Uma vez deixei o açúcar queimar por tanto tempo que consegui esfumaçar o apartamento inteiro - encontrar fumaça de açúcar queimado no quarto não é comum!

Comprei livros de receita de sobremesa que incluem o modo de preparo da calda. Fiz como indicava. A calda ficava branca. Ou ficava rala ou densa demais. 

Perdi a conta de quanto açúcar e água foram pelo ralo (ou para o lixo) por causa de erro. 

Como pudim de leite condensado e manjar são as duas sobremesas preferidas do marido e do filho mais velho, e levam calda, fui tentar de novo fazê-la. Dessa vez, segui a receita da minha mãe e deu certo. Finalmente!

Deixo aqui a lista do que você vai precisar:

Uma panela (e talvez uma colher, melhor que seja de pau)

  • Açúcar: 2 xícaras (chá)
  • Água: 3/4 de xícara (chá)

 

Eu fiz pouca calda. Usei 1/2 xícara (chá) de açúcar e 1/4 de xícara (chá) de água.

Agora, o modo de fazer:

1. Coloque o açúcar na panela e deixe derreter até ficar com cor de caramel.

2. Quando ficar com cor de caramelo, abaixe o fogo e fique de olho para não queimar. A calda vai ficar assim:

3. Quando ela estiver cor de cobre e borbulhando, coloque a água. Cuidado! A água, em contato com o açúcar, espirra gotas quentes, além de subir muito vapor!

4. A calda vai levantar fervura que, aos poucos, vai diminuir. Deixe o fogo baixo. Fique de olho porque ele não demora para encorpar.

5. Quando a calda encorporar, não tire o olho dela. Você determina o aspecto da calda: se mais rala ou mais grossa, e já pode para desligar o fogo. Eu gosto dela um pouco mais rala. Minha mãe prefere mais encorpada.

 

7. Desligue o fogo. Deixe sair todas as bolhas. Passe para uma forma com cuidado para não se queimar. Se necessário, use um pano para segurar a forma.

Coloque a massa do pudim, leve para assar no forno, em banho-maria, por duas horas. Não esqueça de passar papel-alumínio. 

Beijos,
Patricia

(Fotos: Arquivo pessoal)