Almoços e Jantares

Carne saudável para a sua família

Saiba como comprar, armazenar e cozinhar as carnes de boi, frango e porco

Carne saudável para a sua família

Na hora de preparar as refeições para a família, buscamos sempre escolher alimentos saudáveis e de boa qualidade. Mas quando falamos de carnes, alguns cuidados adicionais precisam ser tomados.

Quando você for mercado, por exemplo, optar por um corte mais magro e verificar as condições de embalagem são questões muito importantes.

Ao chegar em casa, é necessário estar atenta também em como armazenar essa carne, bem como ao seu preparo adequado, para que ela fique livre de micro-organismos, mas mantenha seu sabor e consistência ao ser servida.

Confira aqui algumas dicas para comprar, armazenar e preparar as carnes bovina, de frango e suína:

CARNE BOVINA

Como comprar e guardar: para preparar carnes mais saudáveis, opte por cortes magros, como: lagarto, coxão mole, patinho e filé-mignon. Prefira as peças com cor avermelhada, bem forte, e livres de capa grossa de gordura.

Carne bovina, mais especificamente carne moída, pode conter bactérias nocivas. Para reduzir o risco de intoxicação alimentar, selecione carnes frescas e frias ao toque, que estejam dentro do prazo de validade, e coloque-as em saco plástico para que ela não contamine o resto das suas compras. Em casa, congele ou cozinhe a carne moída em até 2 dias após a compra. Para outros cortes, o prazo costuma variar de 3 a 5 dias.

Carne precozida ou comprada pronta deve estar quente e ser consumida até 2 horas ou refrigerada/congelada após este período. Carne cozida “sozinha” deve durar de 3 a 5 dias na geladeira e até 12 meses no freezer, enquanto carnes ensopadas ou com molhos devem ser mantidas em até 4 dias na geladeira ou 3 meses no freezer.

Como preparar: para segurança da sua família, descongele a carne bovina na geladeira. Tigelas ou tábuas usadas para marinar, picar, cortar ou preparar carne crua devem ser mantidas separadamente e não podem ser usadas para qualquer outro tipo de alimento.

Não há necessidade de lavar a carne crua, pois o cozimento apropriado vai destruir as bactérias. A carne que estiver marinando pode ser armazenada na geladeira por até 5 dias, eliminado o molho de marinar não cozido imediatamente.

Como cozinhar diferentes cortes de carne: o jeito mais seguro de garantir que a carne esteja cozida adequadamente é com o uso de um termômetro específico. Carne moída deve atingir a temperatura de 71°C, enquanto filés e carnes assadas, chegar a, pelo menos, 63 °C. Para maximizar o sabor e a suavidade, asse ou ferva a carne mais resistente e grelhe filés e costelas.

FRANGO

Como comprar e guardar: jamais adquira aves fora do prazo de validade e evite pacotes danificados, que estejam vazando ou cobertos com camada de gelo. Empacote o frango separado dos outros produtos na hora da compra e leve uma sacola de compras impermeável e térmica para carregar a carne e outras compras congeladas ou frias.

Leve o frango direto para casa e refrigere-o imediatamente em seu próprio pacote. Frango duplamente empacotado (o pacote próprio armazenado em um pacote para freezer) pode ser guardado por 9 meses.

Como preparar: o frango refrigerado só deve ser mantido de 1 a 2 dias na geladeira. Se a carne está congelada, deve ser descongelada ao longo da noite na geladeira ou em tigela com água morna – nunca sobre a pia. Frango marinado pode ser refrigerado por até 48 horas e o molho deve ser descartado.

Dica: nunca coloque legumes ou outras comidas sobre superfícies que receberam frango cru. Lave as mãos e os utensílios frequentemente para evitar a disseminação de bactérias provenientes de frango cru ou mal cozido.

Como cozinhar: para preparar o frango, ele deve ser cozido a, pelo menos, 74 °C (para saber a temperatura, use um termômetro para carne ou um termômetro de leitura instantânea). Refrigere sobras de frango em até 2 horas após o cozimento (uma hora para locais com temperatura acima de 32 °C).

CARNE SUÍNA

Como comprar e guardar: prefira os cortes mais magros - pernil, lombo e paleta. Para reduzir o risco de intoxicação alimentar, selecione carne suína firme, de tom rosa-acinzentado e fria ao toque, que esteja dentro do prazo de validade. Coloque-a em sacola plástica para que não contamine suas outras compras. Em casa, congele ou cozinhe o porco cru em até 3 a 5 dias após a compra (ou em 2 dois dias para fígado de porco ou outros órgãos).

Carne precozida ou comprada pronta deve estar quente e ser consumida em até 2 horas após a compra ou refrigerada/congelada após este período. Porco cozido pode ser mantido na geladeira por 3 a 4 dias e até 6 no freezer, enquanto pratos que levam porco são melhor consumidos em não mais que 4 dias na geladeira e 3 meses no freezer.

Como preparar: para máxima segurança, descongele a carne na geladeira. Corte qualquer gordura visível, mas não se preocupe em lavar a carne, pois o cozimento apropriado vai destruir quaisquer organismos. Recipientes ou tábuas usadas para marinar, cortar ou preparar porco cru devem ser separados e não usados para o preparo de outros tipos de alimentos. Porco marinado pode ser refrigerado num recipiente coberto por até 5 dias, com o marinado não cozido sendo descartado logo em seguida.

Como cozinhar diferentes cortes: o único jeito seguro para garantir que o porco esteja adequadamente cozido é usando termômetro de carne. Pratos com carne moída, costeletas e assados devem alcançar, no mínimo, 72 °C. Mesmo a essa temperatura, no entanto, a carne pode estar rosa – isso é o certo.

Seu método de cozimento vai variar dependendo do tipo da carne. Lombo, presunto e costelinha podem ser assados no forno a 180 °C. Costeletas e hambúrgueres de porco devem ser grelhados ou fritos. Costelinhas, entretanto, podem ser refogadas, grelhadas ou cozidas.