Receitas Fáceis

Comidinhas em tamanho míni

Mães e pequenos satisfeitos! Abuse das finger foods na sua festa e surpreenda adultos e crianças

Comidinhas em tamanho míni

Quando se trata de finger foods, tudo vira festa. A comida para comer com as mãos (na tradução livre) nada mais é do que pequenas porções de pratos ou quitutinhos servidos em todos os tipos de eventos e festas. E a delícia atrai mesmo a criançada. De tamanho reduzido, os petiscos parecem ter sido preparados especialmente para elas – ainda mais quando entram em cena louças e talheres em miniatura que lembram uma verdadeira refeição de bonecas.

Só não pense que a graça vai atrair os olhares (e o paladar) apenas dos seus filhos. Adultos de todas as idades também se sentem tentados a provar. Afinal, a apresentação é caprichosa e o sabor, um quê à parte. A forma descontraída com que é servida, driblando as formalidades e deixando os convidados muito mais à vontade, é outro atrativo.

Oghan Teixeira, gastrônomo e sócio da Ghee Banqueteria, gosta desse tipo de serviço por não exigir mesas e cadeiras. As pessoas podem desfrutar das dezenas de opções em pé mesmo, conversando com os amigos. “As criações pesam, em média, 15 g, o que rende uma ou duas mordidas, no máximo”. As finger foods, portanto, não têm restrições. “A dica é apenas cuidar para que as opções servidas combinem com a proposta da festa, seja ela infantil, um casamento ou um aniversário”, explica Diego Cerqueira, chef executivo da L’Espai Banqueteria.

Como apresentar

Alguns quitutes pedem base de canapé, outros vão melhor com algum tipo de pão. Os mais interessantes, segundo Diego, são os que interagem com as minilouças. Portanto, além das tradicionais porcelanas, servir as porções em taças de Dry Martini ou de champagne, em cálices de licor, vinho do Porto ou em copos de saquê pode fazer toda a diferença.

Sabores da infância

“Nas festas para crianças, os mini-hambúrgueres são sempre sucesso. Mas que tal trocar o queijo mussarela ou prato por ementhal ou gruyère?”, indica Diego. Invista também em minibrusquetas desconstruídas de diversos sabores, espetinhos de frango ou caprese, minipão de queijo ou os típicos voul au vents com recheios simples (frango, presunto e queijo). Todas essas opções são indicadas para compor um menu infantil.

“Hoje, as crianças estão mais antenadas, prestam atenção em tudo, pesquisam o que escutam, o que veem. Então, dá pra sair um pouco do padrão e arriscar, por exemplo, um combinado de presunto cru com figo e rúcula, ou um tartar de salmão com maçã-verde e ovas”, esclarece Diego. Já Oghan prefere propor comidinhas saudáveis, como risoto de beterraba com bolinhas de bacalhau e fio de manteiga, que possuem nutrientes e uma aparência bem despojada.

Não se esqueça dos doces

Se finger food é um prato adaptado para miniatura, é hora de pensar em como apresentar os tão esperados docinhos. “Petit tostex, minicupcake, bowlzinho de bolinho de chuva com doce de leite, sorbet de manga, petit sunday com brownie, miniwaffle são algumas sobremesas que os pequenos vão adorar”, conta Oghan.

Receitas para se deliciar!

Aprenda a preparar duas delícias para incrementar o cardápio da sua festa: a Brusquetta descontruída e o Sorbet de Manga, ambas do chef Paulo G. Neves, da Ghee Banqueteria.