Dentro de Casa

Como fazer uma festa do pijama incrível para a criançada

Organizar esse tipo de noite é fácil: basta um pouco de imaginação para as atividades, planejamento e comidinhas para a diversão estar garantida

Como fazer uma festa do pijama incrível para a criançada

Uma boa festa do pijama é diversão garantida - e vai muito bem para comemorar um aniversário de maneira diferente, assim como pretexto para reunir os amigos em uma noite animada. E o melhor: preparar uma festa desse tipo pode ser mais fácil do que você imagina.

A empresária Simone Arrifano é mãe da Laura (6 anos) e superadepta às festinhas do pijama. “Comecei a fazer em casa quando ela fez 4 anos, mas acho que vale até a adolescência; afinal, o que importa é a diversão”, explica.

Sobre o número de convidados, o ideal é adaptar a festa ao espaço físico disponível em casa, para que todas as crianças fiquem acomodadas, com conforto. De 3 a 4 crianças dormindo no mesmo quarto considera-se uma quantidade OK, mas para um número maior de visitantes, vale pedir que cada um traga seu saco de dormir ou colchãozinho.

Lista de atividades

O mais importante é planejar uma série de atividades e realizá-las de acordo com horários predefinidos ou conforme o pique das crianças for se revelando. “Costumo fazer a hora da culinária, dos jogos, momento da arte (onde todos precisam desenhar e contar uma história) e a hora do cinema. Claro que tem dia que elas não querem nada disso: se trancam no quarto e brincam de boneca, o que eu respeito, pois este momento é para elas se divertirem”, acrescenta Simone.

A diretora de marketing da Rica Festa, Elis Rinaldi, dá mais algumas dicas de atividades divertidas para entreter a criançada, como: trabalhos manuais para decorarem pantufas ou nécessaires -  podem, inclusive, virar lembrancinha da festa -, uma seção de maquiagem para as meninas (com um cantinho de esmaltes coloridos e acessórios de cabelo) e também jogos em grupo, como Uno e Twist. “Outra boa pedida é decorar cookies ou cupcakes.”

Falando em comida...

Na hora do lanchinho, não há regra para o cardápio, mas a dica é não inventar muito para conseguir agradar a todos. “Recebemos pedidos desde finger foods e sanduíches saudáveis até cachorro-quente e hamburguinho com brigadeiro e bolo. Mas é sempre bom checar se há alguma criança com restrição alimentar, como diabete ou intolerância a glúten”, afirma Liege Arcari Stengel, planejadora de festas personalizadas na Pimpampoparty.

Outro detalhe importante é preparar um café da manhã bem gostoso e reforçado, com pães, bolos, frutas, queijo e achocolatado. Essa é uma ótima atividade de encerramento da festa do pijama, um pouco antes de os pais buscarem os filhos. Aliás, Elis recomenda enviar um convite estipulando a hora de início e término da festa. “Mas o horário de buscar não pode ser muito cedo, porque as crianças vão dormir até tarde e precisam curtir o café da manhã.”

Viu só como é fácil? Confira mais algumas dicas práticas para organizar sua própria festa do pijama:

  • No convite, faça uma listinha do que os convidados precisam trazer. Além do pijama (é claro!), a lista pode conter itens de higiene pessoal, uma troca de roupa e um bichinho de pelúcia ou brinquedo favorito, para que a criança tenha alguma referência de casa. Anote seus contatos e peça também que os pais mandem na mochila seus nomes e celulares, no caso de imprevistos ou emergências;
     
  • Transforme o momento do banho em algo divertido. Em festas só de meninos ou só de meninas, formar pares para o banho pode ser uma boa ideia. É o que acontece na casa da Simone: “Até a definição das duplas vira brincadeira, já que fazemos um sorteio para não dar briga”;
     
  • Deixe a sessão cinema como última atividade do primeiro dia. “O que me ajuda muito nas festinhas da minha filha é, por volta das 23 horas, colocar todo mundo para assistir algum filme, já nas camas ou colchões. De tanto que brincaram, elas mal conseguem terminar de assistir. Parece mágica: quando uma dorme, vira efeito dominó”, conta a empresária;
     
  • É normal que alguma criança peça para voltar para casa durante à noite. Mas não se desespere! Muitas vezes trata-se de um pedido momentâneo e uma boa dica é tentar acalmá-la com uma leitura por exemplo. Mas se ainda assim a criança não estiver confortável, não hesite em contatar os pais para que eles decidam o que fazer;
     
  • Use a imaginação para programar as atividades. Uma oficina de brigadeiros em que as próprias crianças enrolam os doces e os decoram com bolinhas e estrelinhas é superfácil de fazer e garantia de diversão. A boa e velha guerra de travesseiros também!
     
  • Torne o encontro inesquecível. Tire muitas fotos do seu filho ou filha com cada um dos amiguinhos. “Uma das atrações da festa pode ser decorar um porta-retrato com cola glitter e estrelinhas, pedindo para que cada convidado coloque seu nome”, sugere Liege. Aí é só colocar a foto do amigo ou amiga com seu pequeno ou pequena e está pronta uma linda lembrança para as crianças levarem para a casa. Uma fronha velha também pode virar uma ótima recordação com a assinatura de todos os amigos.