Na Rua

Diversão não tem hora

Por Daniela Folloni
@blogitmae

Um novo e-book gratuito tem ideias criativas para pais e filhos brincarem no trânsito, na sala de espera, numa viagem...

Diversão não tem hora

Os momentos de maior integração aqui em casa são quando a gente inventa uma brincadeira, daquelas que não precisam de brinquedo e todo mundo participa. Uma delas é a de adivinhar o bicho pelas características. Um dos participantes pensa em um animal e vai dizendo onde ele mora, o que come, que cor tem... e os outros tem de adivinhar. A brincadeira dura um tempão e dá para fazer em qualquer lugar: na sala, no quarto das crianças, no carro, durante uma viagem.... até na hora do banho!

Foi apostando em ajudar pais e filhos a ter mais ideias para brincar, mesmo quando não disponibilizam de muito tempo, que a Pitaco e Cia criou o Manual de Brincadeiras Criativas. O livro foi idealizado pela publicitária Mayra Costa com a colaboração de sua filha, Maria Beatriz , 8 anos. 

Os passatempos que estão nele são brincadeiras inventadas, improvisadas em situações das mais variadas, como trânsito, filas, caminhada... E provam que não é preciso muito, além de imaginação, para aproveitar os momentos de um jeito especial. 

As atividades são divididas em 5 categorias: jogos verbais, jogos corporais, jogos musicais, jogos essenciais e relaxamento. E cada um é muito bem explicadinho, com regras, idade recomendada, objetivos etc.

Para baixar o e-book, que é gratuito, basta cadastrar nome e e-mail no site da Pitaco e Cia. Aqui, uma das brincadeiras que tem no livro:

Inventando o futuro

Idade recomendada: a partir de 4 anos

Quantidade de jogadores: mais de 2

Descrição: a brincadeira pode ser feita em filas de espera, dias de chuva, dentro do carro no trânsito. A imaginação é o que importa. Basta falar das possíveis e impossíveis invenções que existirão no futuro

Objetivo: Inventar coisas, objetos, serviços e utilidades que ainda não existem. Inventar até cansar!

Regras: Um de cada vez fala sua ideia. Não pode repetir o que jea foi dito. Se falar algo que já existe, sai do jogo. Sempre começar com a expressão: "No futuro vai existir..."

 

Exemplos:

- escada até as nuvens

- animais falantes

- camiseta com gosto de queijo e chocolate

- um caminho para o pote de ouro no fim do arco-íris

 

Dicas:

- Pense na coisa mais maluca que puder

- Olhe para as coisas que existem à sua volta e adapte para o seu desejo