Na Rua

Seu filho nunca viu um cavalo?

Crianças que moram em centros urbanos nem sempre têm contato com certos animais. Fazendinhas no meio das cidades são boas opções para resolver isso

Seu filho nunca viu um cavalo?

Com os jogos eletrônicos e a televisão cada dia mais presentes no cotidiano das crianças, não é de se espantar que muitas entrem na adolescência sem nunca terem tido contato direto com animais da fazenda.

Pensando nos pais que fazem questão de que os filhos vivenciem experiências rurais e ecológicas, diversos espaços recriam o clima do campo e oferecem atividades em que os pequenos podem tocar e alimentar vacas, cavalos, patos, galinhas, porcos, búfalos e até emas.

A maioria das fazendinhas pedagógicas mescla o contato com os animais com atividades de plantio e colheita, para intensificar a experiência da rotina rural. Atividades mais radicais, como tirolesa e tobogãs servem como atração para as crianças maiores.  

Esse tipo de passeio é recomendado, em geral, para maiores de 3 anos. Isso porque as atividades envolvem caminhadas que podem se tornar cansativas. Além disso, os menores podem se assustar com os animais e não aproveitar bem a excursão.

Antes de escolher o destino do seu próximo passeio é interessante conversar com a criança e explicar o que a espera no local. Também é bom aproveitar a oportunidade para pesquisarem, juntas, sobre a vida no campo e sobre os animais.

Foi só aos 6 anos que Brenda, filha de Patrícia Costa, 39 anos, viu “ao vivo” um cavalo. “Até então ela nunca tinha tido contato com animais de fazenda, pois nossas viagens sempre eram para destinos de praia. Uma vez ela viu um vídeo da minha adolescência em que eu cavalgava. Depois disso, não parava de falar sobre cavalos”, conta.

Foi a deixa para a mamãe investir num passeio do gênero, mesmo dentro da cidade de São Paulo. “Percebi que o momento de interesse era a oportunidade perfeita para levá-la a um passeio rural. Ela amou fazer carinho nos animais e plantar seu próprio girassol em um vasinho, mas, com certeza, o passeio a cavalo foi o ápice do passeio”, conta Patrícia.

Para quem quer copiar a experiência, separamos algumas opções de locais para vistar com as crianças.

Carroção

Um dos espaços pedagógicos mais famosos do estado de São Paulo, o sítio do Carroção (foto acima) fica em Tatuí e oferece muitas atividades para os pequenos. O Baby Zoo conta com coelhos, búfalos, porcos e muitos pássaros - entre eles a mascote Arara Bela. Da pequena lagoa, patos e cisnes interagem com os visitantes. Além da fazendinha, o sítio desenvolve atividades como escavação de uma réplica de fóssil de dinossauro, passeio de teleférico e visita a um aquário a céu aberto. As visitas de grupos familiares ocorrem uma vez por mês e devem ser agendadas. O pacote compreende o período entre 8h30 e 17 horas e já inclui três refeições. Cada participante paga R$ 235* pelo ingresso.

Bichomania

O espaço possui uma área 120 mil m² onde a criançada pode ter contato direto com animais de fazenda (como coelho, cabra, porco e pato) e de floresta (entre eles arara, macaco e papagaio). O Berçário de Animais reúne filhotes de diversas espécies e é um dos grandes atrativos da fazenda. Monitores também acompanham os pequenos em atividades radicais, como arvorismo, tirolesa e trilha na mata. O Bichomania, em Cotia, Grande São Paulo, funciona aos sábados, domingos e feriados, das 10 às 17 horas, e o ingresso custa R$ 32*.

Cia. dos Bichos

Bichomania

Espalhadas em uma área de 25 mil m², as atrações permitem contato direto com os animais, seja para fazer carinho ou para alimentá-los. Monitores ajudam as crianças durante todas as atividades. Há, ainda, passeios de charrete, cavalgadas, ordenha de vacas e contato com jegues, cabras, ovelhas, galinhas, coelhos, búfalos, porcos e marrecos. Entre as atrações preferidas dos pequenos está a oportunidade de alimentar a maior ave brasileira, a ema. O Cia. dos Bichos, em Cotia, na Grande São Paulo, fica aberto para visitação aos sábados, domingos e feriados, das 10 às 17 horas. O ingresso custa R$ 40*.

Fazendinhas Estação Natureza

Fazendinhas Estação Natureza

Localizadas em pontos de fácil acesso tanto para quem parte da capital paulista quanto da carioca, as fazendinhas Estação Natureza são consideradas espaços rurais pedagógicos com muito verde. A meninada pode andar a cavalo e de charrete e alimentar ovelhas, coelhos e galinhas. O passeio ainda oferece oficinas de plantio e de culinária. Em ambas as cidades os espaços recebem visitantes aos sábados, domingos e feriados, das 10 às 17 horas. O ingresso custa R$ 40*. Em São Paulo, fica em Santo Amaro e, no Rio de Janeiro, em Vargem Grande.

Fazendinha Recanto Natureza

Fazendinha Recanto Natureza

Trata-se de uma das poucas opções no Nordeste para visitação familiar. Lá, as crianças podem ter a vivência rural no dia a dia dos animais de fazenda, conhecendo também a origem dos alimentos. Instrutores permitem que os grupos toquem os animais, ajudem na colheita e no plantio e entendam como funciona a rotina do homem do campo. Entre os animais da propriedade estão vacas e bois, cavalos, carneiros, bodes, galinhas, tartarugas, patos e coelhos, entre outros. As visitas na Fazendinha Recanto Natureza, em Macaíba, no Rio Grande do Norte, ocorrem de sábado e domingo, das 10 às 17 horas, e o ingresso custa a partir de R$ 22*.

Pet Zoo

A fazenda oferece, em 15 mil m², atividades para apresentar aos pequenos visitantes um pouco do universo rural por meio de passeios a cavalo, ordenhas, alimentação dos animais e visita a filhotes. O espaço conta ainda com minhocário, casa de pau a pique, tirolesa, horta e pomar. As visitas familiares no Pet Zoo, também localizado em Cotia (São Paulo), ocorrem aos sábados e domingos, das 10 às 17 horas. O ingresso custa R$ 35*.

Hode Luã

Hode Luã

O hotel possui um sistema de day use que permite às famílias aproveitarem as áreas da propriedade, sem estar hospedada ali. Além das piscinas com toboágua, playground e circuito de aventuras com tirolesa e arvorismo, as crianças podem brincar com os animais da fazendinha – como patos, marrecos, galinhas e cabras - e fazer passeios de pedalinho. O Hode Luã fica na Ilha de Guaratiba, no Rio de Janeiro, e funciona aos sábados, domingos e feriados, das 9 às 18 horas. O ingresso sai a partir de R$ 15*.

Fazendinha Condomínio Novo Leblon

Apesar de fazer parte de um condomínio fechado na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, a fazendinha é aberta ao público. Lá, os pequenos podem dar comida para cabritinhos e conhecer vários outros animais de fazenda, como patos, galinhas d’angola, perus e coelhos. A Fazendinha Condomínio Novo Leblon é aberta para visitação todos os dias, das 9 às 14 horas e a entrada é gratuita.

Minifazenda Nose

Minifazenda Nose

Para quem mora na cidade grande e quer apreciar a tranquilidade do campo, a Minifazenda Nose, em Cotia (São Paulo), oferece trilhas ecológicas, plantio na horta local, descida de tirolesa e, claro, atividades com os animais. Bodes, cabras, cavalos, bezerros, patos e coelhos estão entre os “moradores” locais e fazem sucesso entre as crianças. As visitas ocorrem aos sábados, domingos e feriados, das 10 às 17 horas. O ingresso custa R$ 20*.

Sitiolândia

Sitiolandia

Em plena Serra da Cantareira, em Caieiras (São Paulo), Sitiolândia é um parque ecológico que conta com tirolesa, trilha e minifazenda com vacas e cavalos. Recreadores levam os pequenos visitantes para passeios pelo pomar e pela estufa hidropônica, onde as crianças aprendem mais sobre a vida dos animais da fazenda e o plantio e colheita de frutas e legumes. As visitas devem ser agendadas e ocorrem todos os dias das 10 às 17 horas. O ingresso custa a partir de R$ 80*.

Cocoricó Fazendinha

Passeios a cavalo, visita ao galinheiro e oportunidade de dar comida e fazer carinho nas galinhas e pintinhos são os atrativos do local. Localizado em Cuiabá, no Mato Grosso, a Cocoricó Fazendinha conta ainda com uma horta onde se aprende a plantar e colher legumes e verduras. Além dos eventos pré-agendados, a fazenda oferece day use para que as famílias possam utilizar a estrutura do local e participar das atividades. A visitação é aberta no primeiro domingo de cada mês, das 10 às 16 horas. A entrada é adquirida no próprio local e os valores são R$ 44* (adulto) e R$ 39* (crianças a partir de 3 anos), com almoço incluído.

* Preços pesquisados e válidos para novembro/2014.

(Fotos: Divulgação)