Disney Baby

7 segredos sobre o sono dos bebês para uma noite perfeita

Por Nívea Salgado
@Mildicasdemae

Seu bebê não dorme? A solução para seu problema pode estar aqui!

7 segredos sobre o sono dos bebês para uma noite perfeita

Eu sou uma mãe que dormiu mal durante alguns anos de minha vida. Antes de minha filha Catarina nascer, eu era aquele tipo de pessoa que não acordava por nada - podiam tocar uma corneta ao lado da cama, que eu continuava a dormir calmamente.

Mas do dia de seu nascimento em diante - e por muito, muito tempo - eu chegava a duvidar de que conseguiria sair da cama no dia seguinte, tamanho era meu cansaço por acordar no meio da madrugada.

Quem me acompanha em meu blog pessoal sabe de todas as tentativas mirabolantes que fiz com o objetivo de melhorar o sono da pequena.

Para que vocês tenham uma ideia, até usar secador de cabelo para fazê-la dormir eu usei - e garanto: para muitos bebês que não conseguem se acalmar para a soneca diurna, funciona que é uma beleza! Eles dormem em menos de cinco minutos, para total espanto de quem está por perto.

Mas todo esse tempo lutando para que minha filha dormisse melhor me trouxe alguns aprendizados - eu descobri alguns segredinhos, que compartilho agora com vocês.

Pode ser que um deles seja o que você está precisando para ter uma noite perfeita, mesmo sendo mãe. Vem dar uma espiadinha!

1) Atenda seu bebê sempre que ele precisar, mas sem se desesperar. Isso quer dizer que, sempre que seu filho solicitar, vá a seu encontro e tente acalmá-lo: assim ele volta a dormir rapidamente, sem acordar por completo. Mas faça isso sem desespero. Você não precisa se materializar ao lado do berço em segundos, porque o bebê pode estar resmungando enquanto dorme - e, entrando no quarto, você o acordará. O despertar, que nem aconteceria, passa a ocorrer com frequência, e programa o cérebro do bebê para acordar no meio do sono.

2) Boas sonecas durante o dia significam uma noite de sono com qualidade. Quando alguém sugerir que você deve deixar o bebê muito cansado para dormir melhor à noite, duvide. Em geral, crianças que dormem boas sonecas diurnas conseguem relaxar melhor à noite, o que reduz o número de acordadas na madrugada. 

3) Faça uma rotina relaxante antes de colocar o bebê na cama. Com o passar do tempo, seu filho perceberá a ordem das atividades. Por exemplo, depois do jantar, vem o banho e, em seguida, a hora de dormir. Seu cérebro entende a rotina da seguinte forma: "Já sei. Daqui a pouco será o momento de dormir, então vou me preparar para isso". Assim, seu bebê pegará no sono mais facilmente.

4) Ajuste o horário de dormir. Alguns pais se prendem muito a uma rotina pré-estabelecida e se esquecem de observar se o sono é melhor quando a criança dorme meia hora mais cedo ou mais tarde do que o habitual. Fazer esse ajuste na rotina pode resultar em noites inteiras dormidas!

5) Ajude seu bebê a voltar a dormir, depois de terminado um ciclo de sono. Aproximadamente a cada 3 horas, o bebê passa por momentos em que seu sono fica mais leve - se seu filho acorda sempre na mesma hora, cerca de 3 ou 6 horas depois de adormecer, agora você já sabe o porquê. Tente fazer com que essas acordadas deixem de acontecer - se ele chamar, faça um carinho ou ofereça a chupeta, para que ele volte a dormir. 

6) Quando o bebê só quer mamar. Nos primeiros meses, é completamente normal que os bebês acordem algumas vezes durante a noite para mamar. Mas, conforme crescem, seu estômago também suporta quantidades maiores de leite - o que faz com que ele consiga passar mais tempo sem acordar. Se seu filho já é maiorzinho e acorda várias vezes querendo leite, experimente acalmá-lo de outra forma. Pode ser que ele só precise da sucção para voltar a dormir - nesse caso, a chupeta ou mesmo o dedinho da mãe (que era o que funcionava aqui em casa) podem ajudar bastante.

7) Peça ajuda. Às vezes, para mudar um hábito de sono, a ajuda do pai ou de outra pessoa que mora na casa é fundamental. Um exemplo: você está tentando tirar a mamada noturna e o bebê sente seu cheiro de leite. O que acontece? Muito choro! Se ao invés de você, o pai atender a criança em um despertar noturno, pode ser que ela volte a dormir com mais facilidade, sem recorrer à mamada.

(Foto: valhouser/ Creative Commons)