Disney Baby

9 lições de vida de Procurando Nemo

A animação ensina sobre amizade, sobre confiar nos pais e nos filhos, e muitas outras coisas que podem torná-la uma de suas favoritas da Disney

9 lições de vida de Procurando Nemo

Difícil escolher um desenho favorito da Disney. Lá na infância era A Pequena Sereia, mas aí vem o moderninho Enrolados, A Bela e a Fera vira filme, tem o Toy Story (mas qual dos três Toy Story?), sem falar no O Rei Leão. Mas gente, o que dizer sobre Procurando Nemo?

Não é apenas o enredo e o visual lindo, ele traz algumas das mais doces e profundas lições de vida.

1. Ouça seus pais; eles querem apenas te proteger

Todos concordam que Marlin anda em uma linha tênue entre ser um pai zeloso e um pai superprotetor. Mas ele tem seus motivos! Existe uma razão para os pais dizerem que os filhos podem ou não podem fazer algo e Procurando Nemo é uma boa forma de mostrar isso. Sim, pais podem ser, digamos, chatos às vezes, mas a intenção é apenas manter o pequeno seguro e saudável.

2. Aceite ajuda

Não teria como Marlin conseguir chegar na Rua Wallaby Lane, nº 42, sem a ajuda de estranhos, por mais estranhos que fossem. Não conseguimos fazer tudo sozinhos.

3. Saia da sua zona de conforto

É fácil viver dentro da sua pequena bolha (ou anêmona), porém no decorrer de sua jornada, ao enfrentar seus medos, Marlin aprendeu mais sobre si mesmo, inclusive, como pai. Mesmo viajar pela corrente marítima leste australiana, que poderia ter causado um ataque de pânico, acabou sendo um aprendizado, além de ter sido divertido.

4. Insistir em algo = ser irritante

“Meu, meu, meu, meu, meu, meu”. Apenas repita aqueles pássaros gritando para seus filhos toda vez que eles pegam um brinquedo e gritam “É MEU”.

5. A importância do trabalho em equipe

De Marlin + Dory para Nemo + turma do consultório do dentista, trabalho em equipe é mais efetivo que uma missão solo. Existe muita cooperação e colaboração em Procurando Nemo.

6. A importância da amizade

No final do filme, quando Marlin está triste e derrotado, voltando para casa sem o Nemo, Dory quer que ele fique e diz: “Eu lembro melhor das coisas quando estou com você... está lá, eu sei que está, porque quando olho para você, posso sentir isso. E – olho para você, e eu... e eu estou em casa”. A verdadeira amizade pode surgir dos lugares e das pessoas mais inesperadas.

7. Suas diferenças não definem você

Em Procurando Nemo vários personagens têm diferenças físicas sutis, como a barbatana da sorte de Nemo, o corpo cheio de cicatrizes de Gill, a intolerância à água de Sheldon, o tentáculo mais curto de Pearl, etc. Além dos desafios mentais, como a perda de memória da Dory e a compulsão por comida de Bruce. No entanto, todos eles são tão adoráveis que suas peculiaridades são cativantes e faz cada um ser único do jeito que é!

8. Seus pais nunca desistirão de você

Tipo, nunca!

9. Continue a nadar…

Cantar a música da Dory pode te ajudar a passar por qualquer barra na vida. Continue a nadar, continue a nadar, continue a nadar...

Então talvez, como telespectador, seja difícil decidir qual é o seu filme favorito da Disney. Mas como pais? Procurando Nemo é uma boa escolha!

Por Michelle Horton (texto original)

(Foto: Acervo Disney)