Disney Baby

Amamentando nos parques da Disney

Por Samantha Shiraishi
@maecomfilhos

Você sabia que os parques contam com áreas de cuidados com o bebê? Testei-os na minha viagem e também comprovei que o Walt Disney World Resort é amigo das mães que amamentam

Amamentando nos parques da Disney

Como contei por aqui, neste outono fizemos nossa viagem em família para o Walt Disney World na Flórida, realizando um plano que adiamos quando eu engravidei da caçula. Portanto, a viagem agora incluia um bebê e uma mãe que amamenta, exigindo um planejamento logístico diferente.

O Brasil ainda engatinha na legislação que protege as mães que amamentam, em especial quando se trata de bebês acima de 6 meses. Mas, felizmente, minha viagem estava marcada para o estado americano que foi pioneiro ao proteger as mulheres nessa condição.

A Flórida foi o primeiro estado dos EUA a proteger a amamentação em público, com a lei de 1993.  O país, que se organiza em mínimos detalhes, também conta com uma proteção legal que diz que amamentar bebês acima de 6 meses não pode ser considerado um comportamento indecente. 

Só isso já seria suficiente para garantir que minha pequena contasse com as vantagens do aleitamento materno durante nossas férias na Disney, concordam? Porém, aproveitei também algumas dicas sobre aleitamento nos parques e usei muito do meu bom senso e experiência (afinal, é a terceira vez que opto pelo aleitamento materno prolongado). 

Para começar, uma garantia: todos os parques contam com áreas de cuidados com o bebê (Baby Care Center), ambientes espaçosos, tranquilos, perfeitos para fugir da agitação dos parques e cuidar dos pequenos. Cada centro possui várias salas diferentes, todas com ar-condicionado e equipadas de acordo com a necessidade dos visitantes, como as "Quiet Rooms" ("salas tranquilas"), onde as mamães podem sentar-se em uma cadeira de balanço e amamentar seus bebês com privacidade (no peito ou mamadeira).

Esses espaços estão espalhados nos parques. No Magic Kingdom, o Baby Care está localizado ao final da Main Street ao lado do restaurante Crystal Palace; no Animal Kingdom fica após o restaurante Pizzafari (ao lado esquerdo da Árvore da Vida); no Hollywood Studios fica dentro do Guest Relations, logo na entrada do parque; no Epcot fica entre o Future World e o World Showcase (ao lado do Pavilhão do México). Infelizmente há apenas um espaço desses para cada parque e - felizmente! - eles são imensos e cheios de atrações! 

Para quem estiver amamentando o bebê e precisar fazer essa pausa durante o passeio, mas não quiser se dirigir aos Baby Care Centers, eu também tenho algumas sugestões.

Experimentei muitas possibilidades de amamentação na semana de parques que tivemos, tanto nos restaurantes (sentada à mesa e esperando que minha comida chegasse), quanto nos bancos ao ar livre (como na foto que abre o post) e nas atrações com apresentações (nas quais eu assistia aos espetáculos sentada). Em todos os locais, sem exceção, não fui interpelada nem recebi olhares enviesados ou indelicados, daqueles que, admito, acontecem aqui no Brasil.

Seja qual for sua escolha, algumas dicas valem ouro para quem pretende amamentar na Disney:

  • Amamente antes de entrar no parque. Alugamos um carro, por isso, enquanto meu marido montava o carrinho e os meninos se ajeitavam, eu amamentava no carro antes de sairmos. Numa das ocasiões amamentei no transporte do estacionamento para o parque e foi super tranquilo também. A vantagem é que nós duas ficavamos mais descansadas: a bebê saciada e segura, e eu mais “leve” do leite!
  • Use roupas confortáveis e práticas para amamentar. Sei que isso é básico, mas nem todo mundo tem noção do calor e da umidade da Flórida (mesmo na primavera, quando a gente foi) e acabamos nos preocupando mais com conbinações, nas fotos que veremos mais tarde, etc (risos). Amo vestidos, mas encarei os parques com camiseta e bermuda, aproveitando as camisetas mais larguinhas para amamentar “por baixo” da roupa, evitando a exposição da mama e o uso de “fraldinha” para cobrir o rosto do bebê. Outra coisa que foi útil: usar camiseta regata por baixo, assim, em caso de acidente (do leite vazar ou a bebê me molhar), eu tinha uma troca de roupa.
  • Pare para descansar de tempos em tempos. Muitas vezes ficamos ansiosos para aproveitar o dia ou não perder nenhuma atração, eu sei, mas o cansaço afeta muito a produção de leite. Aproveite o fast-pass, chegue alguns minutos antes nas atrações agendadas e, com calma, saboreie um sorvete ou a paisagem. (E fica a dica: a Disney podia liberar uma quantidade maior de fast-pass para mães que amamentam!)
  • Faça refeições balanceadas. Uma das surpresas deliciosas que tive nos parques (com exceção de alguns aquáticos, admito) foi a qualidade e diversidade dos alimentos vendidos. Além de se alimentar bem nas refeições principais (café da manhã, almoço, jantar), é possível parar e fazer lanches saborosos e saudáveis, inclusive com frutas naturais e iogurtes frescos. ;-) (Prometo voltar nesse tema em um post sobre as comidinhas saudáveis dos parques!)
  • Hidrate-se o tempo todo. Há muitas opções - das bebidas em refil aos bebedouros para encher sua garrafinha de água gelada - que deixarão não só a mãe que amamenta, mas toda família protegida de qualquer chance de desidratação nos parques. Mas, quem "perde" líquidos amamentando precisa de cuidado redobrado, portanto, sempre que amamentar ou se sentir cansada, lembre-se de se reidratar!

 

Para finalizar: aproveite sua visita. Se você for com calma, ciente da sua condição especial, o Walt Disney World será um lugar mágico e suas lembranças continuarão maravilhosas.

Faça roteiros especiais para você e o pequeno, deixando que o pai (ou os avós) passeiem algumas horas sem vocês com as crianças maiores, permitindo-se até um dia de folga no meio da viagem. Eu tive a “sorte” de pegar dois dias de muita chuva nos quais preferi deixar meus filhos mais velhos no parque e fazer outras coisas com Manu e esses momentos ficaram como nossos tesouros escondidos.

O importante é se permitir aproveitar à sua maneira, sem pressão e sem estresse desnecessário, afinal, vocês estão lá para curtir as férias e a magia!