Disney Baby

As conquistas do primeiro ano de vida

Por Marina Breithaupt

O primeiro ano do bebê é cheio de novidades e também de crises. Sem dúvidas, uma fase inesquecível!

As conquistas do primeiro ano de vida

Uma das coisas pela qual agradeço todos os dias é por ter a oportunidade de ser mãe. Me deslumbro ao ver o crescimento e desenvolvimento daquele bebê que era tão pequeno há alguns meses, tão indefeso.

Agora com a Mel ele completa um ciclo: um ano já em posse de tantas habilidades.

Acho incrível poder viver novas experiências todos os dias. É isso!  A maternidade me dá a oportunidade de realizar coisas novas, coisas pela primeira vez todos os dias, porque é assim na vida dos bebês, uma novidade, uma estreia e uma primeira vez todo dia. É muita emoção!

Há o cansaço, sim, mas passa tão rápido que na minha memória, sem dúvidas, guardo mais "delícias" do que "dilemas".

O primeiro ano é carregado de desafios. Vencemos o medo do parto natural, os desafios da amamentação e a primeira cirurgia que Mel precisou fazer, ainda aos 40 dias. Tivemos a primeira gripe e também a primeira viagem para a Disney!

Tivemos a primeira vez na praia, na fazenda. Vivemos todas as datas comemorativas do nosso calendário. Tivemos noites em claro, cama compartilhada - agora já não temos mais, Mel dorme em seu berço.

Tivemos e ainda temos os incômodos dos primeiros dentes nascendo. Vivemos as aventuras pela introdução alimentar, tantas novidades e novos sabores que até mesmo a nossa alimentação se transformou. É assim quando um bebê começa a comer.

Nossa família aprendeu a seguir um novo ritmo. Temos nova rotina e novos horários para atendê-la da melhor maneira mas, não fomos só nós que nos adaptamos a ela, Mel aprendeu a viver no nosso esquema.

Agora se aproxima o Natal, o primeiro que ela vai de fato aproveitar.

O primeiro ano de vida do bebê é assim, repleto de coisas "pela primeira vez" e é tão bom a essa altura da vida poder realizar uma estreia todos os dias. A vida com filhos é assim: ver coisas novas pelos olhos dos nossos filhos, sempre.

Um beijo

(Imagem: Shutterstock)