Disney Baby

E quando bate a fome?

Por Jorge Freire Jr.

Incrível como as crianças perdem a fome no exato momento que servimos o almoço ou o jantar. Será que em todas as casas é assim?

E quando bate a fome?

Lá pelas 11h da manhã meus filhos começam a pedir comida. Querem frutas, suco ou leitinho.

A mais nova (1 ano e 9 meses) fica na porta da geladeira pedindo comida com todo aquele drama que os bebês aprendem nem sei onde.

Explicamos com calma que o almoço já vai sair e logo ela vai poder comer. Ela nos olha com aquela cara, fingindo que não entendeu nada, e começa novamente o drama. Porém, seguramos firme, pois, oras, 20 minutos não vai matar ninguém de fome e ela precisa aprender a esperar.

11h20 colocamos o almoço dela no prato, a levamos até seu cadeirão, arrumamos os talheres e o babador e começamos a servir.

E quem disse que a criaturinha quer comer?

Vira a cara, empurra o prato e faz aquela manha que dá nos nervos de 11 em cada 10 pais.

Coloco o prato na frente dela, deixo ela se servir e nada... Bem, ela deve ter perdido a fome ou está com sono, pensamos.

Mas aí não dá 10 minutos e ela começa a pedir novamente a comida. Fica repetindo que está com fome, quer papa, quer papa e lá vamos nós preparar todo o circo novamente.

Eu quero saber: aí na sua casa também é assim? Seus filhos fazem a mesma coisa na hora da comida?

20 minutos antes parecem que estão morrendo de fome e na hora do almoço a perdem magicamente. E aí, 20 minutos depois reaparecem parecendo que estão sem comer uns 3 dias. Se sim, compartilhe como você contornou esse problema.

(Foto: Arquivo pessoal)