Disney Baby

O que define a cor dos olhos do bebê?

Por Marina Breithaupt

Assim que nascem, os bebês apresentam uma cor de olhos que irá mudar à medida que os meses vão passando

O que define a cor dos olhos do bebê?

Durante os meses de espera de um bebê, passam tantas coisas pela nossa cabeça. A gente fica imaginado tudo, cada pedacinho do bebê, como será esse novo ser, não é mesmo?

É comum fazermos ligações com os membros da família e apostar em uma cor de pele, cabelos e olhos. Mais comum do que todo esse filme é, simplesmente, nada no bebê corresponder às nossas expectativas! rs

Aconteceu comigo exatamente assim! Eu tenho olhos castanhos bem claros e Bruno, meu marido, olhos azuis esverdeados. 

Babi e Amelie

Quando esperávamos a Bárbara, apostávamos nessas duas cores, além dos olhos castanhos escuro dos nossos pais. Babi nasceu com olhos cinzas que, ao longo dos meses, passaram a tomar uma tonalidade cada vez mais azul.

Theo já nasceu com os olhos clarinhos e, com o tempo, o azul só fez intensificar.

Theo e Amelie

Amelie foi nossa bebê-surpresinha pois, depois de dois bebês com olhos superclaros, todo mundo esperava (até eu, confesso!) outro bebê com as mesmas "cores", ou seja, olhos e cabelos claros, pele branquinha.

Minha princesa chegou morena, de cabelo - muito cabelo! - preto e olhos já castanhos, desde sempre. Havia um brilho meio esverdeado, mas com algumas semanas, o preto se instalou de vez. Temos duas jabuticabinhas lindas!

Agora, o que define de fato a cor dos olhos, você sabe?

Além do fator genético, ou seja, cor dos olhos da família, quem manda nisso tudo é a melanina. É através do aumento da melanina que a íris vai definindo sua cor.

Isso pode levar alguns meses - ou até mais - e é por isso que geralmente os olhos nascem em tons acinzentados ou azul e, depois, vão escurecendo até chegar ao tom que terão para sempre.

A mudança acontece porque a pigmentação da íris vai aumentando nas semanas seguintes ao nascimento. A íris é o anel muscular em volta da pupila. É dentro dela que está o melanócito, uma célula responsável por produzir a proteína melanina que, por sua vez, é responsável por determinar cor dos olhos, pele e cabelo.

A produção de melanina depende da incidência de luz, semelhante ao que acontece com a nossa pele. Quanto mais tempo ficamos expostos ao sol, mais “bronzeados” ficamos (fonte: médica oftalmologista Daena Leal, do Hospital de Olhos de Pernambuco - Hope).

Existe uma tabela muito legal, encontrei lá no blog Bagagem de Mãe, da minha amiga Loreta, que mostra quais as possibilidades de resultados dependendo do "casamento de olhos".

Bom, no fim das contas, tenha o olho a cor que tiver, o que importa é não descuidar do acompanhamento oftalmológico regular.

Os bebês precisam passar por uma consulta completa a cada 6 meses, nos dois primeiros anos de vida e, depois disso, uma visita ao ano, todos os anos.

Além disso, todo cuidado é pouco! Muita proteção contra os raios solares é de extrema importância em todas as fases da vida, principalmente no início dela.

Um beijo,

(Fotos: Shutterstock.com e arquivo pessoal)