Disney Baby

O vaivém dos nomes

Eles entram e saem da moda, influenciados por diferentes fatores. Saiba quais são esses nomes e inspire-se nos que estão em alta para definir como chamar seu bebê

O vaivém dos nomes

Basta dar uma olhada na maternidade para notar que alguns nomes de bebês estão em alta. Outros, no entanto, se tornaram ultrapassados, e foram deixados de lado pelos novos papais. Mas o que será que interfere nesta tendência?

Segundo Natália Zaninetti Macedo, mestre em Linguística pela Unesp e coordenadora de um estudo realizado em São Carlos, para investigar as possíveis motivações que levam os pais a optarem por determinados nomes, as escolhas se baseiam, principalmente, em três fatores:

  1. homenagem a algum personagem, artista, jogador, parente ou amigo
  2. sonoridade
  3. religião

 

“As motivações religiosas também interferem bastante, levando a optar por nomes bíblicos”, conta.

E é justamente pela oscilação das personalidades, que ora fazem sucesso, ora somem dos holofotes, que certos nomes se tornam comuns e outros, ultrapassados.

Uma atriz ou cantora do momento provavelmente terá seu nome usado para registrar as recém-nascidas. Mas daqui a alguns anos, talvez seja esquecida, e aí, o nome já era.

A analista de sistemas Luciana Coutinho, 45 anos, engravidou em 1997, na época em que a novela “Por Amor” estava no ar. “Eu adorava a personagem Maria Eduarda, interpretada pela atriz Gabriela Duarte e, por isso, escolhi esse nome para minha filha”, conta.

Já a coordenadora de vendas Michele Azevedo, 38 anos, elegeu o nome Lucas, para seu filho, porque ele nasceu no dia de São Lucas. “Outros fatores também influenciaram na escolha: eu e meu marido queríamos um nome curto, e que não existisse na versão feminina”, completa.

Veja os nomes que são tendências e os que saíram da moda e entenda o por quê desta oscilação:

Saíram de cena:

  • Luciana: foi um nome comum nos anos 70, por causa da música "Cantiga por Luciana", interpretada por Evinha
  • Sandra: foi tendência no final da década de 80, graças à música “Sandra Rosa Madalena", de Sidney Magal
  • Valerie: o nome se tornou moda em 2007 graças à música do mesmo nome, primeiro cantada por  Amy Winehouse e depois, tornou-se popular no seriado "Glee"
  • Silvio: sucesso na década de 70, por causa do apresentador Silvio Santos
  • Ademir: nome do grande jogador de futebol na década de 50, foi copiado por muitos pais daquela época
  • Jéssica: inspirou a escolha do nome de muitas garotinhas na década de 90, devido ao sucesso da música do grupo Fundo de Quintal

 

Voltaram à moda:

  • Miguel: seu retorno pode ser explicado por uma questão religiosa, por causa de São Miguel Arcanjo
  • Davi: ressurgiu por causa do carisma do zagueiro Davi Luiz
  • Isabella: reapareceu graças à personagem principal da saga Crepúsculo
  • Ana: voltou por conta do sucesso da princesa Anna, do filme “Frozen – Uma Aventura Congelante”
  • Francisco: maior adoção do nome é decorrente do carisma do papa Francisco
  • Bento: também voltou por causa do papa Bento XVI
  • Heitor e Arthur: houve um crescimento na tendência por nomes épicos, ou seja, aqueles inspirados em nomes de reis e heróis
  • Catarina, Helena e Sophia: também são associados a rainhas e heroínas, em alta no momento

 

(Foto: Getty Images)