Disney Baby

Os itens do enxoval que seu bebê não usará

Por Nívea Salgado
@Mildicasdemae

As listas do que comprar para um bebê parecem intermináveis. Mas nem tudo pode ser considerável indispensável! Veja quais são os itens dos quais dificilmente seu filho precisará e economize na compra

Os itens do enxoval que seu bebê não usará

Juro para vocês que quando vi pela primeira vez uma lista de enxoval de bebê, eu quase caí para trás. Não imaginava que um serzinho tão pequeno precisasse de tanta coisa - de kit para cortar unhas a banheira com trocador acomplado.

Eu me perguntava se minha filha de fato precisaria de tudo aquilo, e, na dúvida, decidi comprar a lista completa. Mas, com o passar do tempo, percebi que alguns itens nunca haviam sido utilizados. Acabaram sendo doados literalmente intactos.

Se você está no momento de compra do enxoval e não está podendo jogar dinheiro fora, sugiro que dê uma olhadinha na minha lista de itens dispensáveis. Deixe para comprá-los depois do nascimento do bebê, se de fato perceber a necessidade (como cada família é uma família, pode ser que você encontre utilidade naquilo que eu não usei). Vem comigo dar uma espiadinha?

Escorredor de mamadeiras: há controvérsias; há quem diga que é muito útil, mas em não tirei da caixa. Isso porque eu tinha um esterilizador de mamadeiras que funcionava também como escorredor. Da pia, tudo era colocado diretamente no esterilizador (onde escorria) e dali o conjunto ia para o microondas. Na minha opinião, deixe para comprar o escorredor se pretender utilizar a fervura como método de esterilização.

Pagãozinho: se as mulheres mais velhas da família disserem que você precisa de um, saia correndo. Compre um body e mostre a elas como esse artigo substituiu o pagão com louvor. O fato de prender entre as perninhas, faz com que o body sempre esteja no lugar; ao contrário do pagão, que é muito desengonçado.

Roupas que fecham nas costas: elas podem ser lindas, mas não são nada práticas (colocá-las em um bebê recém-nascido, que é todo "molinho", é um verdadeiro horror!). Além disso, algumas incomodam o bebê quando ele está deitado. Passe longe.

Sapatinhos (duros) de numeração muito pequena: eu me lembro de ter comprado um tênis de couro tamanho 16. Lindo, meigo, muito gracioso. Mas tão pequenininho, que só caberia em minha filha Catarina nos primeiros meses de vida. Nessa fase, seu pé era tão delicado, que não tive coragem de colocar um sapato duro que pudesse incomodá-la. Para os meses em que o bebê só fica no colo, prefira meias decoradas (que aquecem e são confortáveis) ou mesmo sapatinhos de tecido.

Saco de dormir: minha filha nasceu na última semana de primavera. Em seus primeiros meses, enfrentamos muitos meses de calor. Por isso, não havia a mínima possibilidade de colocá-la para dormir em um saco aflanelado. Quando os meses de frio chegaram, ela já não cabia mais ali dentro. Conclusão: não compre se o nascimento do filhote estiver programado para os meses quentes do ano.

E você que já tem filho, não usou algum item da sua lista de enxoval? Conta pra gente nos comentários!

(Imagem: Ⅿeagan/Creative Commons)

comentarios bebes, enxoval, itens, maternidade