Educação e Desenvolvimento

Mamãe, quero experimentar!

Por Daniela Folloni
@blogitmae

A estratégia que deu certo para abrir o paladar das crianças aqui em casa

Mamãe, quero experimentar!

Quem não tem nada para reclamar em relação à alimentação dos filhos que se considere uma sortuda! Aqui em casa, meus filhos comem bem. Só que não... 

O Fe, de 4 anos, demora um século e meio para terminar uma refeição. Ok, ele tem aquele hábito bacana de mastigar bastante e comer devagar, mas não é só isso. Ele viaaaja entre uma garfada e outra, fica conversando, se distrai com qualquer coisa.

Já a Bela come superbem, mas... não gosta de experimentar nada novo.

Foi então que resolvi tentar um jogo criado pela consultora Mayra Abucham, que é cozinheira e engenheira de alimentos e especializada em alimentação infantil. Ela desenvolveu o Desafio do Prato justamente para incentivar as crianças a comerem melhor. 

Em linhas gerais, cada carta tem um desafio e uma pontuação. Quem come algo verde, ganha X pontos. Quem experimenta algo novo, ganha Y pontos. Lancei o desafio e - supresa! - foi sucesso imediato. Todo mundo querendo mostrar que era melhor.

Beloca experimentou repolho roxo. Felipe fez questão de experimentar e comer todo o espinafre (ok, a informação de que era a comida do Popeye foi um incentivo também). E agora ficam sempre procurando um alimento novo, que não provaram ainda, para serem desafiados.

Com isso, o momento das refeições está virando uma diversão. E a diversão é a própria comida. Menos stress à mesa, mais alimentos saudáveis e variados no prato (e na boca).

O próximo passo é lançar o desafio no restaurante para sair da básica massinha com carne e ampliar ainda mais o paladar dos nossos pequenos e promissores gourmets.

(Foto: Free Images)