Educação e Desenvolvimento

Conhecendo povos e culturas através dos livros

Por Paula Rizzo

Aulas de história, cultura, arte e geografia com muita fantasia

Conhecendo povos e culturas através dos livros

A gente ama ler e a literatura infantil tem um espaço enorme na nossa casa. Nós não apenas compramos muitos livros como costumamos frequentar bibliotecas e livrarias. Vamos a contações de histórias também.

Dia desses, sem programar, fomos a uma livraria onde estava começando uma contação. Era sobre um livro que fala da obra do Alexander Calder.

A nossa filha mais velha, de 7 anos, foi respondendo a uma série de perguntas que o autor, um holandês, fazia. Nos surpreendemos com a noção de cronologia e de geografia que ela demonstrou nas respostas.

Atribuo isso muito fortemente não apenas aos livros, mas também às exposições, viagens e conversas. Mas que é gratificante ver como as crianças aprendem com os livros, ah!, isso é.

Então fiz uma listinha de algumas coleções que dão uma perspectiva mundial interessante.

Diário de Pilar: a série de livros editada pela Pequena Zahar conta a história da menina, seu amigo e seu gato, que viajam por aventuras na Grécia, no Egito, na Amazônia, em Macchu Picchu e, mais recentemente, por alguns países da África.

Píppi Meia Longaclássico da literatura sueca, os livros dessa personagem (são 3 os editados no Brasil pela Cia das Letrinhas) contam as aventuras da menina, que mora sozinha, pois seu pai era marinheiro e vivia numa ilha dos Mares do Sul.

Mumins: os personagens criados e ilustrados pela autora finlandesa Tove Jansson ganharam edição em português pela WMF Martins Fontes com com tradução do consagrado escritor brasileiro Carlos Heitor Cony. Apesar do conteúdo ser fantasioso e contar a história de uma família de trolls, as histórias têm sempre alguns elementos da cultura escandinava. E, mais do que isso, é interessante conhecer o que povoa a mente das crianças do norte da Europa. Da mesma forma somos fãs do Dr. Seuss (que influenciou a infância das criancas americanas), da Mafalda e Gaturro (forte influência para os pequenos argentinos), dos Barbapapas e Asterix (influência para os francesinhos), Tintin (das crianças belgas), entre muitos outros. Poderia listar ainda Snoopy, Calvin & HaroldoJuca e Chico (ou originalmente Max & Moritz), do escritor e desenhista alemão Wilhelm Busch.

Amamos também todos os tipos de coleções de fábulas, lendas e mitologia. Espero que vocês gostem tanto quanto nós e que possam se divertir lendo essas indicações também.

Se tiver dicas, deixe nos comentários. Vamos adorar conhecer novos livros e viajar por novas histórias!

(Foto: Arquivo pessoal)