Educação e Desenvolvimento

Dá para aprender mesmo sem perceber

Criança é uma folha em branco esperando ser estimulada para adquirir novos conhecimentos. E as brincadeiras do dia a dia são ótimas para isso!

Dá para aprender mesmo sem perceber

Fato: as crianças aprendem o tempo todo. “Na primeira infância é quando as janelas da aprendizagem estão abertas e elas percebem sons e cores, por exemplo. Quanto mais estímulo, melhor”, diz Marli Billato de Oliveira, gestora pedagógica do Portinari Grupo Educacional, de São Paulo.

Mas não é só na escola que se aprende. Até durante uma brincadeira com os pais, irmãos ou com quem convivem durante o dia, os pequenos estão adquirindo conhecimento. E o melhor: sem perceber.

“Cantar, falar e brincar são fundamentais e fazem com que a criança aprenda com facilidade. E isso desde muito cedo”, observa a professora Leila Tardivo, do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo. Segundo ela, brincando, a criança fantasia e, dessa maneira, aprende e ainda desenvolve um contato com a realidade.

Atividades simples do dia a dia, como arrumar os brinquedos, também são fontes ricas de conhecimento e os pequenos adoram ser envolvidos nesses momentos. E você não precisa se preocupar com nada muito fora do normal. Coisas simples estimulam as crianças.

Além disso, só de estarem na companhia de um adulto que gostem já é meio caminho para que meninos e meninas se interessem pela atividade. Então, aproveite que as férias chegaram e o tempo não está tão corrido e crie momentos de diversão para ensinar seu filho. Vocês irão se divertir demais!

Confira algumas ideias para que os filhotes aprendam brincando.

Na frente da TV

  • Escolha desenhos que despertem a curiosidade. Coloque desenhos que envolvam as crianças nas brincadeiras e façam com que elas também usem a curiosidade e a criatividade na resolução de problemas. Morko e Mali, que estreia no Disney Junior, no dia 16 de julho, é um exemplo. A cada episódio, os dois irmãos (foto abaixo) precisam resolver desafios numa floresta muito colorida. A turminha vai se divertir acompanhando os episódios, enquanto absorve muitas informações a respeito da natureza e sobre como solucionar questões de maneira lógica.

 

  • Prefira clipes de músicas infantis. Na hora de encher a casa de som, lembre-se de que as músicas infantis são um ótimo jeito para a criança se movimentar, cantar e ainda aprender conceitos como amizade, educação e até a comer melhor.
  • Documentários também ensinam. Não precisa ser nada muito complicado, mas que tal escolher um documentário que fale sobre algum animal? A criança vai adorar conhecer como ele vive, do que se alimenta e como se diverte.

 

No tablet:

  • Baixe um aplicativo de jogos, como xadrez ou quebra-cabeças. Esse tipo de app estimula o raciocínio e a resolução de problemas. Prefira os aplicativos com graus de dificuldades diferentes. Aí você pode ir adaptando de acordo com a idade da criança.
  • Brinque com cores. Se o seu tablet não tem nenhum jogo de cores pré-instalado, dá para baixar aplicativos em que a criança pinta desenhos como se tivesse uma aquarela. Ela aprende as cores brincando!
  • Explore os mapas. Sabe os aplicativos com mapas de trânsito que os celulares possuem? Estimule a criança a explorá-los, identificando as ruas, avenidas, mostrando como se locomover de um ponto a outro. Dá até para aprender nomes de bairros e cidades.

 

Em casa:

  • Brinque de chef de cozinha. Sob supervisão de um adulto, a criança aprende a identificar texturas, aromas e sabores, descobre quantidades diferentes e ainda a obedecer a regras, como colocar os ingredientes numa determinada ordem para a receita dar certo.
  • Deixe que coloque a mesa. Seu filho pequeno pode aprender no dia a dia. Na hora da refeição, por exemplo, pode contar se a quantidade de pratos está adequada ao número de pessoas que irão almoçar. O mesmo pode ser feito com os talheres e os copos. Para mantê-lo em segurança, fique sempre a seu lado.
  • Crie brinquedos de sucata. Bobina de papel higiênico, caixas de alimentos e outros materiais são ótimos para estimular a criatividade dos pequenos e desafiá-los a criar um novo brinquedo. Confira várias ideias na seção Criar e Brincar.
  • Arrume os armários. Peça a ajuda do seu filho para dar nova ordem ao armário. Mas é importante aceitar as sugestões de organização do pequeno. Ele vai adorar saber que foi o responsável pelas camisetas estarem numa gaveta e as calças em outro lugar.

 

Com um livro:

  • Aprenda as letras. Depois de escolher um livro de acordo com a faixa etária da criança, deixe que ela explore a capa e cada página. Se ela for muito pequena, vá mostrando as letras, falando o nome de cada uma. Dá para mostrar quais palavras podem ser formadas também.
  • Leia a história e a dramatize. Que tal brincar de teatro? Leiam juntos uma história e proponha que a criança dramatize o texto. Ela escolhe personagens, cenários e até pode criar um novo texto. Criatividade pura!
  • Reconte a história. Peça para seu filho montar a história à maneira dele. Você pode começar e estimulá-lo que a continue.

 

Na rua:

  • Conheça as plantas e árvores. Ao caminhar pelas ruas, fale sobre as alturas diferentes das árvores, texturas das folhas, os vários tons de verdes e até a textura do solo. Com as flores, mostre as cores infinitas e o formato das pétalas.
  • Aprenda os números das casas. Que tal ir até o mercado andando? No trajeto, explore a numeração das casas. Você pode mostrar para a criança os números e, depois, pedir para ela diga o que está vendo.
  • Use uma lupa. Se o passeio for a uma praça ou parque, estimule o filhote a usar uma lupa para enxergar detalhes pequenos. Explore troncos de árvores, flores, a grama, o solo, as formiguinhas que estão no chão e outros insetos. Ele vai adorar saber que existe algo fora do que sua visão pode enxergar.

 

(Fotos: Getty Images e Acervo Disney)