Educação e Desenvolvimento

"A mamãe não sai mais com a gente?"

Por Jorge Freire Jr.

As mudanças que ocorrem com a chegada de um novo integrante na família podem resultar em muitas perguntas. E isso é bom!

"A mamãe não sai mais com a gente?"

Férias e uma bebê recém-nascida é uma mistura bombástica. O Padawan faz as bagunças típicas de uma criança, mas muitas vezes acaba levando broncas por causa do excesso de barulho.

É tão "divertido" a minha filha cair no sono e acordar segundos depois por causa dos berros do Padawan, vocês não fazem ideia...

A solução que encontrei é tirá-lo de casa quando aparece a primeira oportunidade. Vamos ao mercado, saímos para tomar um sorvete ou seguimos para o parque.

Assim, a Fá consegue descansar um pouco e a minha filha dorme tranquilamente.

Porém, com as nossas saídas mais frequentes, o Padawan me fez uma pergunta:

- "Pai, a mamãe não sai mais com a gente? Ela está de castigo?"

Dei uma risada e expliquei que a irmã depende da mãe para mamar. Ou seja, a mãe não pode sair e deixá-la comigo.

E fora que ela ainda é muito pequena e não podemos levá-la em todos os lugares, mas que logo, logo ela vai crescer e irá sair conosco!

Ele disse um "ufa!" e deu uma bela mordida no sorvete.

Gostei muito por ele ter perguntando. É importante, nesse momento de transição, que ele faça perguntas.

Se não pergunta a razão de algo, a cabecinha dele irá criar as razões e é justamente isso que não queremos.

Incentivar os filhos a sempre fazerem perguntas é o caminho para que eles não interpretem erroneamente alguma situação.

Fica a dica!

(Foto: Arquivo pessoal)