Educação e Desenvolvimento

Meu filho passa o dia fantasiado

Por Helena e Joana Cardoso

O que será que está acontecendo?

Meu filho passa o dia fantasiado

É comum que algumas crianças, a partir de mais ou menos 2 anos de idade, passem por uma fase em que querem passar o dia todo fantasiadas.

Vestem fantasias desde as mais clássicas, como Cinderela, Homem-Aranha e A Pequena Sereia, até as mais atuais como Anna e Elsa. Usam esses trajes e imediatamente sentem que assumem esse papel.

Algumas mães se preocupam quando o uso é excessivo, pois têm medo que isso signifique alguma dificuldade de se conectar com a realidade ou, em última escala, uma psicose.

Não há do que se preocupar. Essa é uma fase normal, e vai passar.

Acontece assim que a criança torna-se capaz de criar histórias de forma lúdica. É dessa forma que ela constrói seu eu interior. É assim que absorve e processa tudo o que vê à sua volta.

Garanto, então, que essas fantasias não só não devem ser motivo de preocupação, como podem ser muito bem-vindas, levando em conta que são a expressão da criatividade e outros importantes recursos necessários para a vida adulta.

Por Helena Cardoso

(Foto: Getty Images)