Educação e Desenvolvimento

A moda de ser youtuber

Por Helena e Joana Cardoso

Veja os riscos e consequências dessa nova "brincadeira"

A moda de ser youtuber

Ser youtuber é o grande novo sonho comum entre as crianças e adolescentes de hoje. Para os pais, há o estranhamento de uma geração que não nasceu com internet.

Temem a exposição, a violência, a falta de controle e privacidade. Enquanto isso, os pequenos youtubers sonham com popularidade, diversão e muitos seguidores.

Como toda novidade, não temos como prever as consequências, mas sabemos que, assim como tudo que envolve crianças, é preciso supervisão e limites vindos dos pais.

A internet é um meio de rápida ampliação de informação, tanto positivas quanto negativas. É fato que tudo que está na rede pode ter grande circulação e visibilidade e, portanto, é necessário preocupar-se com o que é exposto e compartilhado, ainda mais por crianças.

Porém, com isso, não descarto a ideia de que os interessados façam vídeos nessa rede social.

Atento apenas para que o conteúdo não fique apenas a critério do seu filho. Com restrição e regras, o YouTube pode, sim, ser uma nova forma de brincadeira, talvez incompreendida pelos mais velhos, mas muito divertida por essa geração que está aí.

É preciso ter flexibilidade para entender as novas possibilidades de hoje. Não podemos educar e cuidar dos nossos filhos desconsiderando que eles vivem em um mundo diferente do que fomos criados.

Assim, percebemos que temos muito a aprender com eles, que estão muito mais atualizados do que nós, mesmo aos 5 anos de idade.

Por Joana Cardoso

(Foto: Morguefile)