Educação e Desenvolvimento

Tinker Bell, nossa amiga de infância

Por Marina Breithaupt

Incentivar a leitura é incentivar a magia da infância

Tinker Bell, nossa amiga de infância

Babi começou a ler muito cedo, antes mesmo de ser alfabetizada na escola. Sou filha de uma bibliotecária e não seria difícil de se esperar que minha filha cresceria em meio a pilhas de livros.

Sempre lemos muito para ela e como passava boa parte dos dias com a avó, essa paixão se tornou interesse pelas letras. Vimos a pequena juntando suas primeiras sílabas, depois palavras, formando frases. Babi lia tudo certinho aos 4 anos.

Vivia com alguns livros a tiracolo, e isso não é maneira de dizer não. Me lembro que antes mesmo de entender o significado das palavras, ganhou uma pequena enciclopédia de uma amiga. Era um mundo para ela e sempre que saíamos ela carrega aquele livro, dispensava qualquer brinquedo.

Lembrando de tudo isso só posso comprovar que leitura é mesmo uma relação entre hábito e exemplo. Essa já é a base para que floresça o interesse de uma criança pelos livros.

Quando completou 7 anos, durante um passeio na livraria, ela me pediu um exemplar da história do seu personagem favorito, Tinker Bell. Mas não era um livrinho qualquer, era uma história bem completa, voltada ao público infantojuvenil. Um livro grande - ela nunca havia lido nada tão extenso!

Como não se nega conhecimento, trouxemos o livro para casa, mas eu não botei fé que Babi realmente leria tudo.

Durante semanas, ela me acompanhou nas tardes preguiçosas de domingo, eu com minhas revistas e livros, ela com sua leitura recheada de aventura.

Entre uma página e outra, tinha a narração de que ponto da história estava, contando os detalhes com aquele brilho lindo no olhar.

Foi assim que ela leu, pela primeira vez, um livro de muitas páginas e quase sem ilustrações. Um livro com texto separado por capítulos.

Fiz companhia e me sinto tão feliz por ter oferecido aquele livro para ela.

Ah, esse livro foi lido e relido mais de uma vez. Há dois anos ela doou seu exemplar para uma menininha de 8 anos, filha de amigos e esperamos que as aventuras de Tinker Bell acompanhem a infância dela, assim como fez parte da infância da Babi.

E vocês, incentivam os pequenos a se aventurem pelos livros?

Um beijo,

(Imagem: Arquivo pessoal)

  • Em março, a Disney promove a campanha "Ler é Mágico". Saiba mais e veja a programação completa aqui.