Família

Dia dos Pais e o fim das lembranças

Por Jorge Freire Jr.

Será que o Dia da Família nas escolas é o ideal?

Dia dos Pais e o fim das lembranças

O Dia dos Pais desse ano será um pouco melancólico, pois meu pai faleceu em maio.

Quando eu era um Padawan, sempre fiz presentes para ele na escola e a minha mãe comprava outro para os filhos o presentearem.

Pensando nisso agora, só consigo me lembrar dos presentes mal feitos que eu fazia e percebo que o lance comercial da data perde totalmente o valor.

Hoje sou pai. Infelizmente na escola do meu filho não tem comemorações no Dia dos Pais, nem para o Dia da Mães. Nem presentes eles fazem, pois comemora-se apenas o Dia da Família.

Eu até entendia isso, pois alguns alunos não têm pais e tal. Mas a vida é assim. Pessoas que amamos se vão e precisamos lidar com isso!

Eu sei que é difícil, ainda mais para uma criança, entender a perda dos pais, mas é algo que todos irão passar um dia.

Estou começando a achar que esse excesso de proteção pode ser prejudicial, tanto para quem não tem pais como também para os que têm.

Meu Padawan não terá a lembrança de fazer algo especialmente para mim e corremos fortemente o risco, no futuro, dessa data tornar-se apenas mais uma data comercial.

No domingo, irei fazer um belo almoço e vou passar o dia grudado com a minha família.

Farei cara de espanto quando receber o presente - que, é claro, já sei o que é - e me empenharei para que o meu filho aproveite muito o Dia dos Pais.

Quero que ele crie lembranças desse dia e as leve para sempre!

Feliz Dia dos Pais, aproveitem muito essa data e criem lembranças!

(Foto: Arquivo pessoal)