Família

Divorciar é sempre difícil, mas é pior quando há filhos

Por Helena e Joana Cardoso

Devemos ou não contar a verdade para as crianças?

Divorciar é sempre difícil, mas é pior quando há filhos

O primeiro esclarecimento a ser feito, quando falamos em separação, é que crianças estão longe de serem bobas. Elas, mesmo que algumas vezes não saibam exatamente o que está acontecendo, sentem que há algo diferente.

Portanto, se você optar por não contar que está se separando do seu parceiro, seu filho talvez não saiba precisamente que isso está acontecendo, mas ele sente o clima de segredo.

Diante do não dito, é comum que a criança fique angustiada e comece a manifestar algum sintoma, como tirar notas ruins na escola, fazer mais birra, voltar a fazer xixi na cama etc.

Ela quer, mesmo que inconscientemente, chamar seus pais, para unirem-se na resolução do seu sintoma.

Portanto, fica claro que contar a verdade, por pior que seja a realidade, é menos angustiante do que a dúvida do que está acontecendo.

Mas é necessário ter cuidado para que a criança não tenha informação demais.

Muitos pais envolvem seus filhos na briga, exigindo que ele tome algum partido. Algumas mães contam detalhes da infidelidade do pai, esperando que o filho fique com raiva dele.

É importante percebermos que, por pior marido ou esposa que você teve, isso não o torna pior pai ou mãe.

Seu filho tem o direito de amar ambos os pais, sem se sentir traindo o outro por isso.

Por Helena Cardoso

(Foto: Morguefile)