Família

Férias: para quem?

Por Nívea Salgado
@Mildicasdemae

Filhos em férias, pais descansando! Será mesmo?

Férias: para quem?

Me lembro até hoje da sensação de estar em férias quando eu era criança. Ficar o dia inteiro na piscina, eventualmente viajar, ter todo o tempo do mundo para brincar com minhas irmãs... Ah, como era bom!

O tempo passou e hoje eu vejo o mesmo prazer nos olhinhos da minha filha: uma alegria imensa de sair da rotina e se divertir.

Só que eu descobri que mãe não tem férias, não. Porque ter um filho em casa, durante o dia todo, definitivamente não é fácil!

Você tem que se desdobrar em mil para continuar dando conta de todos os seus afazeres: tarefas domésticas, supermercado, sem falar no trabalho (porque provavelmente você não conseguirá tirar dias de folga na sua empresa para cobrir todas as férias escolares); e ainda programar um passeio gostoso, uma ida ao museu, ou à sorveteria do bairro.

E a sensação de culpa que dá ao deixar o filho algumas horas na frente da televisão (que atire a primeira pedra a mãe que nunca deixou, para resolver alguma pendência!)? Claro que você sabe que existem programas educativos, interessantes, mas você não quer que essa seja a única atividade no dia! Aí você para tudo o que está fazendo para brincar de boneca ou de bola com o filhote, torcendo para que seu chefe entenda que você se atrasará um pouquinho no prazo. Ai, vida de mãe!

Ter filhos em férias significa também acordar tão cedo quanto de costume, sobretudo quando os filhos são pequenos. O relógio biológico deles não sabe que não tem escola e às sete da manhã o filhote já está acordado, pulando na cama e "colocando fogo" na casa. Dormir até às dez da manhã? Provavelmente uma mãe levará uns dez anos para saber o que é isso!

Mas tem um lado bom dessas falsas férias maternas. É saber que você não precisa ficar de olho no cronograma o dia todo - se o almoço ou o jantar atrasar, você não terá que sair correndo para que o pequeno não perca a primeira aula. Se o filhote dormir meia hora depois que de costume poderá compensar no dia seguinte, evitando o típico mau humor de quem não dormiu direito. 

Quando você pisca o olho, as tais férias já acabaram. Quem sabe dá para descansar um pouquinho mais então!

(Foto: 123RF)