Moda e Beleza

Cada cidade do mundo tem a cor de batom que consome

Por Renata Deos

São Paulo ser nude escuro ao meu ver é questionável. Nova York é vermelho clássico; Paris, rosa antigo; Londres, nude caramelo

Cada cidade do mundo tem a cor de batom que consome

Um mapa diferente está rodando a internet. É o mapa com as cores de batom preferidas em 50 cidades do mundo, de acordo com um levantamento feito em conjunto entre o aeroporto londrino de Heathrow e as lojas do Duty Free.

O aeroporto em questão é um dos maiores do mundo: comercializa mais de 120 marcas e 12,5 mil produtos de beleza (entre eles 1.451 batons), assim é considerado um dos maiores centros comerciais de beleza da Europa. O Heathrow lança neste ano o primeiro ranking das cores de batons preferidas pelo mundo, de acordo com as compras feitas nas lojas de Duty Free. A classificação foi feita baseada na cidade de destino do cartão de embarque.

A única cidade brasileira que está na lista é São Paulo, que teve preferência pela cor nude escura - ao meu ver bem questionável, mas como não temos a data em que foi realizada a pesquisa, pode ter sido influenciada pelos desfiles internacionais do "make nada" da Primavera/Verão 2015, lembram do post?

Fato é que as informações divulgadas pelo pessoal do aeroporto de Heathrow revelam que a cada 2 segundos só a marca canadense M.A.C. vende um batom no mundo.

Por aqui sabemos que a Avon produz 2,5 mil batons por minuto e possui mais de 400 cores em seu portfólio. A Maybelline NY acaba de lançar 45 cores da sua nova linha de batom Color Sensacional, criada especialmente para o Brasil com ajuda da maquiadora Vanessa Rozan com nomes divertidos como "Rosa para Casar" e "Rosa para Causar". Então, como limitar a uma cor apenas por cidade?

Como campanha de marketing para promover o aeroporto parece divertido.

Durante a ação, símbolos das cidades em formato de batons foram esculpidos por artistas e dispostos no terminal 5 do aeroporto. As esculturas gigantes, com 6 metros de altura, levaram mais de 240 horas para ficarem prontas. A Estátua da Liberdade virou uma "Statue of Liperty" (Estátua da Labiordade) em tom vermelho, o preferido das nova iorquinas, segurando ao invérs da tocha, um batom.

Além dessa ação e da pesquisa, o pessoal do aeroporto londrino também divulgou uma breve história do batom, desde a Grécia Antiga, quando somente prostitutas usavam o make; a Roma antiga, quando o batom significava status, inclusive para os homens; até o século 20, quando o batom se tornou febre entre as atrizes de cinema e Max Factor nos anos de 1920 massificou o uso dos batons inventando o formato de "bala" - até hoje o mais popular.

Na história do batom, vários nomes de celebridades aparecem por amarem os tons vermelhos: Clara Bow, Rita Hayworth e Marilyn Monroe, sendo essa última tão exclusiva que para ter sua própria tonalidade, misturava 3 batons diferentes.

A jornalista de beleza Alice Hart-Davis participa do dossiê divulgado sob a chancela do aeroporto de Heathrow como consultora e dá dicas para ter um lábio perfeito. Alice também comenta as cores de batons de Londres, Nova York, Dubai, Shangai e Paris, com dicas para completar o look de beleza.

O mapa montado com as informações coletadas na pesquisa é esse. Confira as cores!


Para quem domina o inglês, pode conferir mais informações no link que o aeroporto de Heathrow disponibilizou para a imprensa.

(Imagens de divulgação)