Natal

Época de Natal

Por Helena e Joana Cardoso

Pensando em comprometer todo o seu orçamento com presentes?

Época de Natal

No fim do ano, tudo conspira para o consumo. Os shoppings ficam enfeitados, cheios de árvores e luzes de Natal. As propagandas na televisão atribuem o gesto de presentear como o auge da generosidade.

A mensagem subliminar é “quanto mais você gasta (com presentes), melhor pessoa você é”.

Acontece que, apesar de interessante para os varejistas, essa mensagem é um tanto quanto desconfortável para os consumidores, principalmente para os que têm um limite curto de gastos.

É importante compreendermos que o amor não pode, nem deve ser medido pelo tamanho ou preço do presente.

O que mais importa - e talvez a única coisa que importe - é o gesto de agradecer através de qualquer agrado.

Muito além do que o momento de presentear, esta é a época de nos reunirmos com quem amamos, a partir do que nos é essencial: o amor.

Por Helena Cardoso

(Foto: Morguefile)