Obesidade Infantil Não

Petisco saudável, sim!

Por Marina Breithaupt

Aprenda a preparar uma opção saborosa para incrementar o lanche das crianças

Petisco saudável, sim!

Nada incomum encontrar os pequenos torcendo o nariz para pratos saudáveis por aí. A obesidade infantil alcança recordes, infelizmente.

Como pais, somos responsáveis por auxiliar nas escolhas dos nossos filhos, dando o exemplo e, claro, oferecendo sempre opções de alimentos e lanchinhos saudáveis.

A mudança de hábito começa com a gente; não podemos esperar que as crianças tomem essa decisão.

Comida boa e de qualidade não é sinônimo de comida sem graça e sem sabor – e se você tem essa crença, pode começar a deixa prá lá essa ideia.

Há muitas opções de pratos e petiscos bacanas, cheios de sabores e aromas deliciosos e ainda muito saudáveis.

#EuDigoNão às guloseimas durante a semana no cardápio das crianças e, gradativamente, percebo que a mudança de hábito tem sido benéfica para todo mundo por aqui.

Vou mostrar para vocês um dos nossos lanches preferidos, adorado por adultos e crianças. Leva abacate, um alimento rico em gorduras do bem, vitaminas e sabor.

Acompanhe no vídeo e confira como é fácil o preparo:

Gostaram? Além de muito sabor, o guacamole pode ser ótimo "truque" para inserir alguns verdinhos no mundo dos pequenos. Você pode variar e incluir ou tirar alguns ingredientes, conforme o gosto da sua família.

O importante é termos a consciência de que precisamos estimular o paladar das crianças, reduzindo a quantidade de açúcar da alimentação e acrescentando variedades de frutas, legumes e folhas em pratos saborosos.

Uma dica de ouro é convidar a criança para preparar as refeições. Assim, ela já se acostuma e se conscientiza que comer bem é necessário para ter saúde.

No site Obesidade Infantil Não, um projeto desenvolvido por AMIL, você encontra muito conteúdo sobre esse assunto tão delicado que é a obesidade infantil.

Por lá, estão reunidas ainda receitas e dicas que vão te ajudar a promover essa mudança, além de muita informação, como as Cartilhas de Nutrição do Ministério da Saúde.

Visite o Obesidade Infantil Não!

Um beijo!

* PUBLIEDITORIAL

 (Foto: Shutterstock/ Vídeo: arquivo pessoal)