Pets

Verão pede cuidados especiais para o pet

Com a chegada do calor, é preciso redobrar a atenção para manter a saúde e o bem-estar do seu companheiro de aventuras

Verão pede cuidados especiais para o pet

As altas temperaturas do verão não afetam só a nossa pele, cabelo e corpo. Os animais de estimação também sofrem com o calor e precisam de cuidados bem específicos nos dias mais quentes.

De acordo com Carla Berl, médica veterinária e fundadora do Hospital Pet Care, os cuidados básicos para todos os pets vão desde a hidratação até os passeios ao ar livre, que costumam ser mais frequentes nessa época do ano.

Seja em casa ou em uma viagem durante as férias, veja como deixar o seu bichinho mais fresquinho e confortável neste verão.

(Foto: Getty Images)

1
Passeios ao ar livre
Uma das recomendações básicas é mudar o horário dos passeios na rua ou no parque. “Eles devem acontecer nas horas mais amenas do dia, como de manhã bem cedinho ou no início da noite”, recomenda Carla. Assim você evita que o pet sofra com a desidratação, a fadiga e até que ele queime as patinhas. E não se esqueça das pausas para a água, dos descansos na sombra e do protetor solar nas orelhinhas dos animais brancos.
2
Água, muita água
O potinho deve estar sempre cheio e disponível para que o seu pet possa beber toda vez que sentir sede. O ideal é que a quantidade de água seja dobrada. “E é importante que ela esteja sempre limpa e longe do sol. Uma dica para ajudar a refrescar o bichinho é colocar alguns cubos de gelo dentro da água”, sugere Carla.
3
Refeições
É comum que os pets percam o apetite em dias quentes. Por isso, divida a quantidade diária de ração em duas ou mais porções, que devem ser servidas nos horários e nos locais mais frescos. Também vale ficar atenta e verificar se a comida não estragou com o calor para que o animal não corra o risco de contrair uma infecção.
4
Banho
A higienização pode ser mais frequente, mas pede atenção para a temperatura da água. “Deve estar sempre morna para não causar hipotermia no pet. Já o pelo pode ser seco com ar frio”, ressalta a veterinária.
5
Pelo tosado
Outra maneira de deixar o animal fresquinho, principalmente os cães mais peludos, é apostar na tosa. Além de amenizar o calor, o pelo curto ajuda no controle de pulgas e carrapatos.
6
Prevenção de doenças
Com os banhos frequentes, a ação de produtos contra parasitas (pulgas e carrapatos) são enfraquecidos e devem ser intensificados com a orientação de um veterinário. Também é importante manter a vacina em dia e usar repelentes contra insetos que podem causar doenças graves, como a leishmaniose.