Comportamento

Mulheres que amam demais

Por Helena e Joana Cardoso

Quando o amor vira doença

Mulheres que amam demais

Quando você pensa o dia inteiro no seu namorado, passa horas investigando tudo que ele faz nas redes sociais, seu passado e todos os seus interesses, não se engane: isso não é amor.

Quem passa por essa situação, acredita que todo esse tempo dedicado ao outro, e atitudes exageradas de ciúmes, são a maior prova de amor existente.

Na realidade, isso só mostra a insegurança que essa pessoa tem em si, toda projetada no seu parceiro. Ela, que não reconhece suas próprias qualidades, vê nele tudo que ela tem de bom. Ao invés de um namorado, ele passa a representar, para ela, sua única qualidade. Caso ele vá embora, ela perde todo seu valor.

Para essas pessoas é preciso primeiro reconhecer que isso não é uma forma de amar saudável e, segundo, que enquanto ela não cultivar a si, criar seu eu próprio, dificilmente alguém crie com ela laços fortes e saudáveis.

É preciso ser uma boa companhia para si mesmo para que então alguém venha te acompanhar, trazendo ainda mais satisfação e alegrias para a sua vida.

Por Joana Cardoso

(Imagem: MorgueFile)