Educação e Desenvolvimento

Amor incondicional: moradores de rua e seus cachorros de estimação

Por Jorge Freire Jr.

Uma das coisas mais lindas que existe é o elo que une dois seres tão diferentes: o amor

Amor incondicional: moradores de rua e seus cachorros de estimação

O Padawan tem uma irmã mais velha, a Nina, que entrou totalmente sem querer em nossas vidas.

Fui pegar um pizza, no prédio em que eu morava, e tinha uma moradora com um Sr. que portava um filhote. Fui conversar com eles e fiquei brincando com a cachorrinha.

Quando subi comentei com a Fá, pois ela estava louca por um cachorro Comemos a pizza e esquecemos.

No dia seguinte, lá pelas 19h, a moradora do filhote interfonou perguntando se eu não queria ficar com a cachorrinha, pois o filho dela de um ano não se adaptou (??) com o novo membro da família.

Liguei para a Fá, que estava entrando no metrô. Disse para ela pensar entre as estações, pois a pessoa iria entregar a cachorrinha ainda hoje. Quinze minutos depois ela decidiu: queria ficar com a cachorrinha e assim a Nina entrou nas nossas vidas.

A Nina e o Padawan são como irmãos. Ela faz festinha para ele, lambe e brinca. O Padawan provoca ela às vezes e Nina responde com mordidinhas de leve. Fiz até um post no blog sobre isso.

O cachorro é um ser que ama incondicionalmente. Você não precisa ser rico para conquistá-lo. O que ele quer é apenas amor e respeito. E foi isso que a fotógrafa americana Norah Levine retratou, ao fotografar vários desabrigados com os seus animais de estimação.

Norah disse que a intenção desse ensaio fotográfico, batizado de Lifelines, é de homenagear o vínculo entre as pessoas e seus animais de estimação. E ela conseguiu isso, pois é lindo ver essas pessoas, que tem tão pouco, dedicar tanto amor e carinho aos seus companheiros animais.

Temos certeza que com a Nina o Padawan aprendeu o que é respeito. E como pai eu fico orgulhoso em saber que ele certamente será uma pessoa melhor, pois aprendeu desde cedo o que é o amor incondicional.

comentarios