Educação e Desenvolvimento

Pai, eu quero isso! Pai, eu quero aquilo!

Por Jorge Freire Jr.

O desejo de consumo do seu filho está crescendo?

Pai, eu quero isso! Pai, eu quero aquilo!

Quem é pai sabe o sacrifício que é passar na frente de uma loja de brinquedos. Já chegamos a dar, várias vezes, uma volta enorme dentro do shopping para desviar das vitrines coloridas dessas lojas. A razão? A dificuldade de tirar o Padawan de dentro delas por causa do forte desejo de consumo.

Confesso que eu gosto de entrar e sempre carregava o Padawan junto. Porém, não posso esquecer que o moleque tem apenas 4 anos e o desejo de consumo dele está crescendo. Em um primeiro momento achavamos isso ruim, mas hoje vejo com outros olhos e até consigo tirar proveito desse desejo dele por querer tudo que vê.

A criança precisa controlar o seu desejo de consumo. Não é errado ele querer algo, oras! O que é errado é ele querer algo e sempre conseguir. Ou seja, Pequenos Gafanotos, a culpa é dos pais por não controlar os filhos. Não é evitando um local que você o está educando.

Hoje já não nos desviamos das lojas de brinquedos. Entramos com o Padawan, ele olha vários e, claro, acaba querendo todos. Conversamos que as coisas não funcionam assim e no momento certo ele poderá ganhar algum brinquedo. Frisamos bem que o momento certo não é hoje.

Ao controlar a ansiedade de querer tudo estamos educando nossos filhos a não terem apenas controle do seu desejo de consumo, como também motivamos ele a gostar do que já tem. Assim o Padawan consegue se divertir com seus brinquedos antigos, controla o desejo de querer mais e o resultando disso será um adulto que saberá o momento certo para as coisas e evitará que se torne um acumulador.

É desde pequeno que devemos ensinar o conceito de querer algo com consciência e não por simples desejo.

(Foto: Arquivo pessoal)