Família

Quando surge o ciúme pela chegada do irmãozinho

É normal que a criança manifeste o sentimento: ela se sente ameaçada de perder o amor de seus pais

Quando surge o ciúme pela chegada do irmãozinho

Para uma criança, a chegada de um irmãozinho não significa o mesmo que para seus pais. Ela, que até aquele momento viveu um mundo de sonhos, recebendo amor de forma exclusiva, de repente se vê perdendo seu espaço e a atenção, principalmente, da mãe. O ciúme é quase inevitável e os adultos têm de aceitá-lo como algo natural.

Desde que se viva dentro dos limites da razão, é esperado que a criança demonstre medo de sentir-se isolada, fazendo birras ou retomando comportamentos infantis já abandonados. Há ocasiões em que o ciúme pela chegada do irmãozinho é tão forte que podem aparecer sintomas agressivos, como mordidas e arranhões.

Mas todas estas condutas diferentes das esperadas servem para chamar a atenção dos pais, a exemplo dos atos de retrocesso, como o filho voltar a fazer xixi na cama ou pedir chupeta. Se os pais consentirem, não estarão ajudando em nada na integração dele com o novo bebê.

A chegada de um nova criança à casa exige muita dedicação por parte dos pais, tanto para o recém-nascido como para o irmão mais velho. Papai e mamãe precisam assegurar que a atenção e o afeto pelo primogênito não diminuam (aparentemente, é óbvio!), tendo em conta sua idade e características individuais.

O incômodo diante do novo irmão é uma experiência muito frequente, assim como as birras, empurrões, choros e reclamações, entre muitas outras formas de expressá-lo. Mas é preciso entender que os ciúmes são, na verdade, uma manifestação de afeto.

Sugestões para lidar com os ciúmes

- Evite comparações, principalmente as negativas, e comece a levantar as qualidades individuais. É importante que o filho maior saiba as vantagens que tem por ser o mais velho, como andar de bicicleta e jogar bola. Nestas horas, vale mostrar sutilmente as desvantagens que se tem sendo o menorzinho da casa.

- Durante a espera do bebê, tente envolver o irmão mais velho nos preparativos. Incentive-o a cuidar de seu irmão que está para chegar. De acordo com sua idade, há muitas tarefas que ele pode fazer para se sentir integrado.

- Insista na ideia de que o bebê chegará como um presente para irmão mais velho, porque vocês o amam muito.

- Em caso de o maior ser agressivo com o bebê, você deve deixar claro que esse comportamento é inaceitável. Converse, explique.

A diferença de idade entre os irmãos

Quando a diferença de idade entre os irmãos é pequena, a situação é mais difícil. Um bebê recém-nascido e outro de 1 ano, aproximadamente, requerem muita atenção, e o maior ainda não está em condições de compreender o que aconteceu. Por outro lado, se os irmãos têm vários anos de diferença, o maior deles acaba virando um colaborador direto de seus pais.

comentarios bebê, ciúmes, criança, irmãos