Família

Viajar sem o Padawan

Por Jorge Freire Jr.

"Entre a minha necessidade e a do Padawan, a do Padawan. Entre o meu lazer e o dele, o meu". Essa filosofia só é bonita na teoria...

Viajar sem o Padawan

A Fá e eu, depois de mais de 4 anos, vamos fazer uma viagem sem o Padawan. A razão principal é que, como casal, é importante termos um tempo só nosso. Até hoje, em todas as viagens, ele estava conosco e acabávamos não passando quase nenhum tempo sozinhos. É isso não é bom.

Decidido o destino, passagens compradas e hotel reservado, começamos a pensar no roteiro. Só para você ter uma ideia, vira e mexe pensávamos que não iria dar certo levar uma criança de 4 anos para dentro de um museu. Aí a ficha caia e lembrávamos que o Padawan ficaria em casa.

Certeza que o Padawan estará muito presente nessa viagem, pois certamente iremos ver algo e imediatamente pensar se ele iria gostar ou não.

O maior problema que estamos enfrentando é a expectativa da saudade que teremos dele. Só pensar que ficaremos quase 10 dias longe me dá uma vontade de nem viajar mais.

E se acontecer algo quando estivermos a mais de 7 mil km de distância?

Ser pai é tirar férias e continuar preocupado.

Para diminuir a saudade e a preocupação, dei um curso intensivo para a minha mãe e para a minha sogra, pois ambas ficarão com o Padawan, de como usar o Skype.

A ideia é deixar o notebook na sala, sempre ligado, para que possamos conversar via vídeo a qualquer hora. Ainda não sei se isso será bom ou ruim, pois tenho medo de ficar com mais saudade dele.

Bem, a viagem está chegando e irei fazer alguns posts especiais sobre ela aqui no Disney Babble. Se você quiser acompanhar mais de perto, me siga lá no Instagram. E só espero que a saudade do Padawan não me deixe triste...

(Foto: Arquivo pessoal)