Moda e Beleza

Guarda-roupa para entrevista de emprego

A maneira de se vestir funciona como cartão de visita e pode até ser ponto decisivo na hora da seleção. Elegemos os looks ideais para concorrer a diferentes colocações

Guarda-roupa para entrevista de emprego

Dizem que a primeira impressão é a que fica e, com certeza, em uma entrevista de emprego, isso é altamente relevante.

É claro que seu currículo é fundamental para conquistar aquela vaga pretendida, mas a maneira como você se apresenta pode dizer muito sobre sua personalidade e outros quesitos que as empresas levam em conta na hora de contratar alguém.

“O ideal é que na entrevista as habilidades e competências da pessoa sejam evidenciadas, e não seus atributos físicos. A roupa deve ser assertiva e fazer a mulher se sentir segura para o momento de seleção”, explica Mayana Pinheiro, professora de moda do Senac Penha.

O look ideal depende de cada profissão. Uma advogada, por exemplo, não se veste da mesma maneira que uma publicitária – e vice-versa.

Alguns setores também permitem certa ousadia. Arquitetas podem apostar em um look mais moderno, como o usado pela atriz Paloma Bernardi na campanha para Fellipe Krein, com camisa em tecido brilhante, combinada com calça colorida, sandália e bolsa que se destacam na produção (foto acima).

Mas apesar das diferenças, algumas regras se aplicam a todas as áreas. Segundo Mayana, uma peça muito sexy, que inclui decotes, fendas, alças muito finas e transparências, deve ser evitada. “Maquiagem forte também é proibida. Sombra colorida, batom e blush carregados? Esqueça!”, finaliza a expert.

Para te dar uma mãozinha nessa missão, Mayana ajudou a montar looks ideais para cada profissão. Veja qual é a sua e conquiste aquele emprego dos sonhos.

Engenheira e arquiteta 

Tais profissionais não precisam se vertir tão formalmente para uma entrevista. Aliás, quem está nessa área pode investir em peças mais arrojadas e modernas, o que mostra estar atenta às tendências. Aposte em blusas mais elaboradas, camisas, calça de alfaiataria, saias e vestidos. Roupas que são novidade nos guarda-roupas também são boas opções.

Secretária e administradora

Ambas precisam passar uma imagem de profissionalismo, organização, consistência e confiabilidade. Por isso, as candidatas ao cargo devem manter a formalidade do estilo clássico. Podem, porém, apostar também em uma combinação leve, contemporânea e jovial, arriscando até um toque de ousadia. Vale investir em blazers, calças ou saias de alfaiataria. Quem quiser fugir do tradicional pode recorrer a modelagens modernas, mas sem grandes adereços. Estampas, padronagens e cores claras estão em alta.

Vendedora e gerente de loja 

Quem quer concorrer a uma dessas vagas deve trajar roupas que estejam de acordo com o público-alvo e a imagem que a marca quer transmitir. Já a gerente pode acrescentar peças mais formais ao look, como blazer, calça de alfaiataria etc. Usar uma peça da marca para a qual fará a entrevista pode ser um diferencial.

Gerente de banco, advogada, médica e dentista

Todas essas profissões devem passar confiança ao público. Por isso, a entrevista pede trajes mais formais. Saias, blusas, blazer e camisas devem ser coordenadas com scarpins e peep toes. Vestidos tipo tubo ou evasê estão liberados, desde que sejam na altura do joelho ou mais compridos. Terninhos, blusas discretas e saltos são bem-vindos. Dê preferência para peças retas, estruturadas e encorpadas. Já na cartela de cores, opte pelas neutras e escuras, como nude, preto, marinho, grafite, marrom, petróleo e cinza.

Jornalista e webdesigner

Essas profissões podem ter uma apresentação pessoal mais descompromissada e criativa. Por essa razão, aposte em calças jeans, blusas mais elaboradas, camisas, saias e vestidos com cortes diferenciados. Para essa entrevista, as mulheres podem carregar um pouco mais nos acessórios e penteados diferentes.

Publicidade e marketing

Essa profissional transmite uma imagem de cooperação, flexibilidade e descontração. Assim como a área de jornalismo, a publicitária pode ter uma apresentação pessoal mais descompromissada e criativa. Aposte em blusas elegantes, twin-sets, camisas, tricôs e malhas leves combinadas a calças em tecidos mais sóbrio (lã ou microfibra). Os cortes podem ser clássicos ou mais modernos. Invista em texturas e estampas. 

Psicóloga, RH, nutricionista e fisioterapeuta  

As mulheres que disputam tais vagas devem transmitir sobriedade e, ao mesmo tempo, descontração. Podem usar jeans, calças de sarja, algodão e veludo combinados com peças mais modernas – mas nunca despojadas demais, como camisetas com mensagens. Em vez do blazer, prefira casaquinhos de tricô, cardigans e jaquetas. Peças esportivas - como moletons - não devem ser usadas, pois é fundamental para essas profissões mostrar preocupação e cuidado com a imagem.

(Fotos: Getty Images, Fellipe Krein, Maria Filó, Tigresse, Dudalina, Renner, Riachuelo, Opção e Empório Anna/ Divulgação)