Saúde e Bem-estar

Conheça 7 tipos de massagem

Por Andrea Alves

Para você se inspirar e saber como escolher a sua

Conheça 7 tipos de massagem

Sou fã incondicional da massagem como fonte de vitalidade, cura, bem-estar e saúde de maneira geral. Ao longo dos anos vi, ouvi e experenciei diversos casos em que a massagem foi fonte de alívio e transformação física e emocional para as pessoas. Por isso, mesmo antes de me tornar terapeuta ayurvédica (profissional apto a trabalhar com as terapias do Ayurveda, a tradicional medicina indiana), recebo semanalmente uma massagem que me ajuda a relaxar, eliminar toxinas e modelar o corpo. Convenhamos: um elixir de renovação, não é?

Mas existem vários tipos de massagens, das terapeuticas as estéticas, das que alinham o corpo as que trabalham apenas na energia sutil… são tantas que, às vezes, podemos ficar confusas sobre qual será a melhor para nós.

Por isso, hoje eu vou apresentar os 7 tipos de massagem mais conhecidos no Brasil e, embora existam muitos outros, com este guia você poderá se inspirar e dar o primeiro passo.

(Fotos: Arquivo pessoal)

7 tipos de massagem
1
Shiatsu
De origem japonesa, o shiatsu é uma terapia de acupressão, ou seja, pressão com os dedos. Em geral é uma massagem forte, que ameniza a tensão muscular e libera a energia estagnada em determinados pontos do corpo (como faz a agulha da acupuntura). O massoterapeuta se utiliza muito dos dedos polegares, antebraços e até cotovelo, mas em geral não usa os deslizamentos da mão. Pode ser feita com o paciente vestindo roupas confortáveis.
2
Drenagem linfática
De toque bastante leve, deslizante, com a utilização de cremes, a drenagem linfática tem como objetivo a condução/estímulo da linfa (líquido presente no corpo responsável pela coleta de toxinas do organismo) até os gânglios linfáticos (“bombas” responsáveis por coletar a linfa e enviar essas toxinas ao sistema excretor). A massagem é leve porque age nos capilares linfáticos, que são bastante superficiais e próximos a pele. Por isso é tão usada em pós-cirúrgicos, gentantes e outros casos em que o paciente retém líquido e apresenta inchaços.
3
Massagem modeladora
Diferente da drenagem linfática, a massagem modeladora é forte e com fins puramente estéticos, pois tem a intenção de agir nas camadas de gordura e quebrar as moléculas adiposas ajudando sua eliminação. É comum associar essa massagem ao uso de géis ou cremes que promovem o resfriamento intenso, pois isso ajuda na quebra da gordura. Apesar de ser forte, intensa e até um pouco desconfortável, a massagem modeladora JAMAIS pode deixar ematomas pelo corpo. Se isso acontecer, a massagista passou do ponto e é importante que você fale com ela sobre isso (se for alguém de confiança) ou nem volte mais neste local.
4
Massagem ayurvédica
Existem dentro do Ayurveda alguns tipos diferentes de massagens e a mais tradicional é a Abhyanda (confira no post ‘massagem das mãos amorosas’). Mas o que nos spas, em geral, apresentam como massagem ayurvédica é um método desenvolvido pela professora Kussum Modak, que mistura os princípios de deslizamento e desintoxicação da abhyanga com técnicas de alongamento e outras manipulações intensas do terapeuta, como a utilização dos pés para a aplicação da massagem, chegando a “pisar” sobre o paciente. Algumas pessoas acham aflitivo esse momento a acabam ficando com medo, mas é importante que você tenha boas recomendações do profissional para não ficar ansiosa com alguma parte da massagem. Afinal, o objetivo é relaxar!
5
Quiropraxia
A quiropraxia se utiliza do realinhamento ósseo, especialmente da bacia e coluna, para aliviar dores crônicas e tensão muscular em geral. Com muitos alongamentos dos membros que provocam alguns estalos nas articulações, a quiropraxia costuma ajudar muito em quadros de cervicalgia e enxaqueca. (Foto que abre o post)
6
Massagem thai
Misturando técnicas indianas e chinesas que chegaram à Tailândia, a massagem combina yoga, acupressão, tai chi chuan e a filosofia taoísta. O terapeuta induz o corpo do paciente e o coloca em posturas de yoga. Utiliza-se de movimentos ritmados e outros alongamentos que trazem relaxamento, tratam estresse e depressão.
7
Tui na
Também associada a filosofia taoísta, mas de origem chinesa, a tui na trabalha os meridianos do corpo (canais de energia) estimulando-os de maneira intensa e vigosa, com movimentos circulatórios, quase de fricção, que começam pela cabeça e percorrem o corpo todo. É altamente energizante, por isso, recomendada a quem anda desmotivado e cansado. Agora que você já conhece esses tipos de massagem, que tal escolher a sua? Conte aqui para gente se você tem algum outro tipo preferido ou suas experências com a massoterapia. Namaste!