Rede Babble

Variando a batata

Por Patrícia Cerqueira
@Comida Boa Muda Tudo

Batata são hortaliças coringas, pois combinam com praticamente tudo. Separei algumas sugestões aprovadas em casa. Todas são assadas

Variando a batata

Já escrevi que um dos ingredientes de que mais gosto é a carne moída por causa da sua versatilidade. Outro ingrediente da lista dos versáteis é a batata. Essa hortaliça é o máximo.

Combina com tudo: carne, frango, peixe, com qualquer outra hortaliça e com todo tipo de salada, além de ir muito bem com todos os grãos, lentilha, grão de bico, feijão... Fica deliciosa quente ou fria, cozida, frita ou assada. Dependendo do tipo, é deliciosa até com casca. Aceita qualquer tempero. Diz se não é para ter sempre em casa? 

Inclusive porque as crianças têm a fase da batata. Só aceitam a hortaliça de um único jeito, mas dá para, aos poucos e na companhia dos pequenos, mostrar que ela fica deliciosa cozida, frita, assada, com manteiga, com requeijão, com sal, amassada com leite (purê), na sopa (canja), com ovo cozido (salada de batata com ovo), com tudo o que a criança desejar. É só propor: o que você gostaria de colocar na batata hoje?

Separei algumas sugestões:

1) Coloque grão de bico. Usei a receita da Brazil Nut e coloquei os sabores que gostamos, pois não curtimos curry. Capriche nos temperos, senão a receita fica sem graça. É um prato que, pra mim, não precisa de acompanhamento. Ele sozinha sustenta.

2) Coloque cor e vão surgir as batatas coradas. É uma receita que eu inventei e os meninos amaram. Muito prática de fazer. As batatas são cozidas no vapor e depois assadas, com casca. Servi com frango, mas ela acompanha bem qualquer prato.

3) Coloque farinha para formar latkes. São bolinhos de batata judaicos. Usei a receita da Rita Lobo, mas não fritei. Eu os assei na forma de cup cakes. Depois de misturar todos os ingredientes, coloquei uma colher de sopa da mistura em cada buraco. Os meninos amaram. Mas o que me deixou mais feliz foi a frase do meu marido ao morder os bolinhos: "Hummm, sabor dos bolinhos da minha vó." Servi acompanhada de peixe frito. Fez o maior sucesso. A receita rendeu 12 bolinhos macios que foram completamente devorados.

4) Bolo de batata com carne moída. É uma receita da minha mãe e muito comum em várias casas. É basicamente um purê de batatas recheado e gratinado. Em um refratário, coloco uma camada de purê, uma de recheio e outra de purê. Aqui em casa, os meninos amam que seja recheado com carne moída refogada com molho de tomate. Mas dá para colocar frango desfiado (molhadinho). Cubra com mussarela ou queijo parmesão. Leve ao forno para gratinar. Eu como esse bolo acompanhado de saldada de folhas verdes. Os meninos, com arroz e feijão.

5) Batata assada com casca. Essa receita é a mais fácil e deliciosa de todas. A foto dela começou a circular no ano passado, eu acho, nas redes sociais. Peguei o modo de fazer com uma amiga virtual e virou a mais querida do Miguel. Lave quatro batatas médias. Corte em rodelas, mas não deixe a faca chegar até o final da casca. A ideia é ter uma batata aberta mas não desmontada. Tempere com bastante azeite, sal, pimenta e alecrim fresco. Se quiser pode colocar bacon e queijo entre as fatias. Leve ao forno, sem tampar, para assar. Demora, viu. Pode ir tomar banho. Lavar as crianças. Volte depois de 40 minutos para ver se ficaram macias. Sirva com alguma carne. O Miguel come uma inteira sem nada.

Acho que eu tenho mais uma dúzia de receita de batatas, mas por enquanto deixo essas sugestões. Em outros posts, darei mais receitas.

Beijos,

Patricia