Viagem

Detox digital: uma semana offline com as crianças

Por Paula Rizzo

Como foi ficar com o celular sem sinal...

Detox digital: uma semana offline com as crianças

Até pela natureza do meu trabalho, quando eu saio de férias nunca são exatamente férias. Tem sempre emails, propostas, projetos, posts para fazer, programas de rádio para gravar… então é sempre celular na mão e notebook na bagagem. Mas desta vez foi diferente.

A nossa filha mais velha foi convidada pela sua melhor amiga, que mudou há seis meses de cidade, para passar uma semana em uma fazenda na divisa de Minas Gerais e Rio de Janeiro. Detalhe: ela ainda não viaja sozinha e na fazenda não tem nem sinal de celular para sequer pegar mensagens de voz. O desafio: uma semana offline para pai e mãe. Confesso que tivemos de fazer um certo malabarismo, mas encaramos.

E não é que foi maravilhoso?!

Não checar emails a cada dois minutos, não ser interrompido por ligações, não cair na tentação de subir uma foto pro Instagram, checar o Facebook, adiantar só uns posts, dar uma olhadinha em como estão sendo tocados os projetos… nada disso.

Ficamos uma semaninha apenas curtindo as duas e o contato delas mais próximo com a natureza. Tirar leite da vaca, andar a cavalo, pescar no açude, ir visitar o bezerro recém-nascido, andar de pedalinho, ver se a galinha botou ovo, andar de trator, caminhar e procurar trevos de quatro folhas, soprar dente de leão, tomar côco do próprio coqueiro, passar o dia de galocha ou descalço, fazer fogueira, jogar futebol, sair do mato cheia de carrapicho, mexer na lama, balançar em balanço de corda rústico, observar as estrelas, inventar brincadeira, aprender os jogos de tabuleiro dos mais velhos... são muitas as possibilidades de diversão! 

Foi muito legal. Não dá para fazer sempre, mas uma vez por ano, quem sabe você consegue também. Recomendo muito! Na galeria vocês conferem umas fotinhos.

(Imagens: Arquivo pessoal)