Viagem

Usando a internet para comprar passagens de avião mais baratas

Por Paula Rizzo

Algumas dicas ajudam a conseguir o melhor preço para sua viagem

Usando a internet para comprar passagens de avião mais baratas

O periodo das férias e Carnaval acabou de passar, mas do jeito que o tempo corre não demorará e já estaremos nos vendo novamente com a questão das próximas viagens.

Para onde ir? Onde comprar pacotes e passagens? Na época em que não existia internet, as agências de viagem eram a única forma de se ter acesso e comparar as opções das companhias aéreas.

Hoje em dia ganhamos a liberdade de pesquisar por conta própria, mas precisamos aprender a filtrar e tomar as decisões sozinhos também.

Então, como fazer para programar melhor as próximas partidas? A primeira coisa, muitas vezes difícil de ser feita, é conseguir uma antecedência de pelo menos um mês antes da viagem desejada.

Quanto mais tempo tivermos para montar nossa viagem, mais opções de voos e hotéis teremos, os preços estarão mais baratos e nossos cabelos não ficarão tão brancos com o medo de não conseguir montar aquela programação tão desejada.

Para as férias de julho, por exemplo, o ideal é pegar o final do mês de maio como o momento de começar a se mexer.

Existem vários sites de pesquisa e comparação de preços entre as companhias aéreas e você deve fazer suas cotações em todos eles, se possível. É importante lembrar que os preços mudam à medida em que passam os dias e que podem se alterar mais do que uma vez inclusive no mesmo dia (quando você estiver perto da data de sua viagem).

O que deixa qualquer uma de nós maluca é que também precisamos buscar lugares para ficar, além de decidir quantos dias valem ser aproveitados em cada ponto da viagem - no caso das viagens de mais de destino. 

Por isso, o ideal é fazer sua pesquisa assim: começar pela comparação das companhias aéreas. Depois, buscar hospedagem e checar a programação/passeios nos locais visitados.

Em seguida, retornar à pesquisa por passagens e verificar se no tempo que se passou houve alguma mudança nos preços (caso seu processo de pesquisa tenha se alongado por mais do que dois dias, o que para mim é a regra).

O momento de compra das passagens é um momento de alívio, pois é a garantia de que você vai mesmo conseguir viajar. Agora, é hora de procurar aonde ficar hospedada.

Mas o assunto desse post são as passagens aéreas, por isso vamos apontar alguns dos bons sites para você iniciar suas pesquisas:

  • Melhores Destinos: cheio de promoções, muitas delas de curta duração, que as companhias soltam para voos e destinos específicos.
  • Decolar: um dos mais conhecidos sites de busca de voos, oferece também opções de pesquisa de hotéis, aluguel de carros e cruzeiros.
  • Viajanet: serviço que apresenta boas surpresas nas pesquisas por passagens.
  • Submarino Viagens: similar ao Decolar, inclusive na oferta de pesquisas além dos voos.
  • Kayak: outro bom serviço de busca e comparação de passagens, que oferece também a pesquisa por voos três dias antes e três depois da data solicitada.

 

Outras dicas que sempre funcionam para a nossa família:

  • Depois de fazer suas pesquisas nos sites de busca, entre no site da própria companhia e verifique se ela não está disponibilizando o mesmo trecho e data por um preço melhor.
  • Viaje às quartas-feiras e sábados, dias em que as passagens costumam ser mais baratas.
  • Voe fora da alta estação, quando possível, pois sempre sai mais barato - nas passagens aéreas e nos custos em terra também.
  • Faça uma busca com diferentes datas de ida e de volta, pois os preços podem variar entre um dia e outro. Exemplo: se pretende viajar na segunda-feira, pesquise também as possibilidades no domingo anterior e na terça-feira seguinte. Você poderá ter boas surpresas.
  • Voos diretos costumam ser mais caros que os com escalas. Se puder fazer uma viagem com conexões, faça! É que as companhias aéreas sabem que os executivos e funcionários de empresas não podem perder tempo e sempre preferirão os voos sem escalas (e suas empresas não têm tanta margem para mudança).

 

Enfim, com estas ideias aqui, acho que vai dar para comprar melhor e viajar mais. Boa viagem!

(Foto: Arquivo pessoal)