Saúde e Bem-estar

Smoothie é uma deliciosa opção para manter a forma

Por Andrea Alves

Como a vitamina cremosa virou a queridinha dos saudáveis

Smoothie é uma deliciosa opção para manter a forma

Smoothie é uma palavra em inglês que significa, literalmente, macio, mas hoje todo mundo já sabe que esse é o nome da bebida superpop de alguns anos para cá.

A ideia dessa “vitamina” moderninha é que, quando as frutas misturadas estão congeladas e são batidas no liquidificador a uma determinada potência, isso confere uma cremosidade quase de sorvete à bebida. Então é comum, em um restaurante, o smoothie ser servido num copo, com um canudo supergrosso ou com uma colher.

Os smoothies nasceram na década de 60, na California (Estados Unidos), nas mãos do pessoal fitness e natural, que tinha a necessidade de consumir produtos energéticos e com baixa gordura.

Na tradição antiga mundo afora, há versões do smoothie feito de iogurte, mel e frutas frescas, como é o caso do Sharbat, na região do Mediterrâneo e Oriente Médio.

Outra coisa interessante é que o smoothie dos anos 2000 justamente ficou conhecido por ter essa cremosidade, sem levar necessariamente leite na receita. Pode ser feito com água de coco, água mineral ou leites vegetais, como o de amêndoas, por exemplo.

O leite de vaca acabou virando nos últimos anos o vilão das dietas, uma vez que seu consumo pode causar diversos processos inflamatórios no corpo ou até mesmo intolerência alimentar.

No Brasil, os smoothies são sempre mais docinhos porque tendemos a prepará-los mais com frutas. Nos Estados Unidos, as versões com vários tipos de verduras são também bem populares, e os smoothies se tornam uma versão cremosa do suco verde (ou até da boa e velha salada).

Alguns liquidificadores com rotação e frequência específica deixam os smoothies ainda mais cremosos e esses poderosos eletrodomésticos (Vitamix, por exemplo) chegam a custar US$ 700* nos Estados Unidos.

Mas se você gosta de smoothie ou gostaria de provar em casa sem gastar tanto no preparo, pode começar com a minha receita favorita (abaixo) e explorar variações, deixando os ingredientes no liquidificador por mais tempo do que deixaria a vitamina comum, pois esse tempo maior ajuda na cremosidade.

Chamo esse Smoothie de Menta Choco Chips (foto acima). É uma mistura simples de 1 banana congelada (descasque antes de colocar no freezer), 1 copo de leite de coco ou de amêndoas, 1 colher (café) de cacau em pó, folhas de hortelã e pedacinhos de cacau ou chocolate amargo, batendo tudo no liquidificador por aproximadamente 4 minutos.

Você pode variar essa versão retirando o cacau e colocando morangos e frutas vermelhas. A versão com abacaxi e couve também é uma delícia e, nesse caso, substitua o leite vegetal por água de coco.

Por conter vários alimentos saudáveis (e por vezes calóricos, como as frutas), o smoothie é uma ótima opção de lanche, especialmente se você for treinar na sequência.

Tome cuidado para não adotá-lo como sobremesa ou suco durante as refeições, o que fará ganhar peso ao invés de se manter fit.

(Foto: Arquivo pessoal)